Classificado de maneira antecipada para as quartas de final do Campeonato Mineiro, o América encara as rodadas derradeiras desta fase de classificação focado em confirmar a segunda posição na tabela. Isso pode acontecer matematicamente nesta quarta-feira (7), em caso de vitória sobre a Caldense, às 19h30, no Independência.

E, já pensando no “mata-mata”, a equipe do técnico Enderson Moreira ganhou um importante reforço. Poupado por pouco mais de um mês para fazer um reforço muscular na coxa direita, o goleiro João Ricardo está liberado pelo departamento médico para retornar à meta do Coelho.

“É sempre ruim ficar de fora. Mas eu estava precisando fortalecer a musculatura. Foi muito importante, não só para o Mineiro, como também para o restante do ano. Agora estou ‘zerado’. Estou com a cabeça tranquila e posso dizer que volto 100%”, afirmou o camisa 1 alviverde.

Vice-líder com 17 pontos, o América não consegue mais alcançar o Cruzeiro (25) na classificação. Por outro lado, tem quatro pontos de vantagem sobre o terceiro colocado Tupi, com apenas mais seis em disputa. Assim, não poderá ser ultrapassado caso saia vitorioso na noite de hoje.

“A Caldense fez um grande jogo contra o Atlético, com uma grande vitória fora de casa. Então, não vai ser diferente contra nós. Brigando contra o rebaixamento, eles vão querer tirar pontos do América também”, alerta João Ricardo.

Se por um lado contará com a volta do goleiro, por outro, Enderson terá dois desfalques importantes para esta partida. Titulares do time nesta temporada, o volante Zé Ricardo e o lateral-esquerdo Giovanni estão vetados por contusões.

Já o técnico Roberto Fonseca poderá escalar novamente o lateral-direito Feijão, suspenso no empate em 1 a 1 com o Villa Nova. O zagueiro Marcelinho e o volante Mineiro recuperam-se de lesões e ainda são dúvida para o duelo.