Quatro jogadores de equipes mineiras foram convocados pelo novo técnico da Seleção Brasileira Masculina de Vôlei, Renan Dal Zotto, para a disputa da Liga Mundial, cuja fase final será disputada em Curitiba (PR), de 4 a 8 de julho.

O anúncio aconteceu nesta segunda-feira (8). Entre os 18 chamados nesta primeira lista de Renan estão Evandro e Rodriguinho (Sada/Cruzeiro), Murilo Radke (Montes Claros) e Renan Buiatti (Juiz de Fora).

A convocação tem como base a equipe campeã olímpica nos Jogos de 2016, com dez dos 12 medalhistas de ouro, entre eles o próprio Evandro.

Ele (William) respondeu que iria até os Jogos Olímpicos. Que bom que ele está com essa cabeça, porque é um jogador diferenciado”

Renan Dal Zotto

As exceções são William e Serginho. Aos 37 anos, o levantador do Cruzeiro pediu dispensa para tirar férias com a família – ele deve ser anunciado oficialmente ainda nesta semana como novo reforço do Sesi-SP.

Já o líbero, de 41, se aposentou da equipe nacional após a Olimpíada.

“Tive uma conversa com o William. Ele me falou desse compromisso familiar após a Superliga, o que é justo. Ele agradeceu a nossa conversa, e eu disse que contava com ele, a princípio, até o Mundial (2018). Mas, na hora, ele respondeu que iria até os Jogos Olímpicos. Que bom que ele está com essa cabeça, porque é um jogador diferenciado”, disse Renan.

“Dos 12 campeões olímpicos, só o Serginho declarou que não estaria mais na Seleção. Todos os outros estão em totais condições”, acrescentou o treinador.

O primeiro compromisso da equipe na Liga Mundial será a fase de classificação, contra Itália, Polônia e Irã, a partir do dia 2 de junho. Também neste ano, a Seleção disputará o Campeonato Sul-Americano e a Copa dos Campeões.

Superliga

Foram convocados ao todo oito finalistas da Superliga Masculina, conquistada pelo Cruzeiro no domingo (7), sobre o Funvic/Taubaté. Esses jogadores ganharam uma semana de folga e se apresentarão somente na próxima segunda-feira (15).

Um dos destaques do título celeste e jogador com histórico na Seleção, o central Isac ficou de fora por conta de problemas físicos, de acordo com Renan.

“Ele fez uma reta final muito boa. Vinha se recuperando de uma lesão, e hoje está bem. Mas eu não gostaria de correr o risco de perder um jogador no meio do caminho. Conto com ele para esse ciclo”, explicou.

Além de Rodriguinho, reserva no Cruzeiro, outra cara nova na seleção principal é o líbero Thales, de 28 anos. Assim como eles, não estavam nos Jogos Rio-2016 o central Otávio, os levantadores Rapha e Murilo Radke, o oposto Renan Buiatti, o ponteiro Lucas Lóh e o líbero Tiago Brendle.

Convocados para a Liga Mundial:

Levantadores: Bruninho (Sesi-SP), Rapha (Funvic/Taubaté) e Murilo Radke (Montes Claros)
Opostos: Wallace (Funvic/Taubaté), Evandro (Sada/Cruzeiro) e Renan Buiatti (JF Vôlei)
Centrais: Lucão (Sesi-SP), Éder (Funvic/Taubaté), Maurício Souza (Brasil/Kirin) e Otávio (Funvic/Taubaté)
Ponteiros: Lucarelli (Funvic/Taubaté), Lipe (Halkbank-Turquia), Maurício Borges (Arkas Izmir-Turquia), Lucas Lóh (Funvic/Taubaté), Douglas Souza(Sesi-SP) e Rodriguinho (Sada/Cruzeiro)
Líberos: Tiago Brendle (Brasil/Kirin) e Thales (Lebes/Gedore/Canoas)

Leia mais:
Com maioria dos atletas sem contrato, Sada/Cruzeiro inicia processo de renovação
Saída de William deixa Sada/Cruzeiro com apenas dois remanescentes do primeiro título
Evandro é eleito o melhor jogador, e times mineiros dominam seleção da Superliga
Serginho se isola como maior campeão da Superliga e brinca: 'vou até os 69 anos'