Ganhar gordura na Série B do Campeonato Brasileiro é a missão do América, comandado pelo técnico Enderson Moreira. Líder da competição, com 40 pontos, o Coelho encara o Criciúma, na próxima terça-feira (22), às 21h30, e tenta se distanciar do vice-líder Internacional, que soma 39.

Após o empate com o Goiás, por 1 a 1, na última sexta (18), os jogadores do time alviverde se reapresentaram no CT Lanna Drumond, neste domingo (20) e foram divididos em dois grupos, iniciando a preparação para o duelo no Independência.

Na atividade, os atletas que foram titulares diante do Esmeraldino fizeram trabalhos regenerativos na academia e na fisioterapia. Os demais, incluindo Lima, Pará e David, que atuaram por menos de 45 minutos diante dos goianos, foram a campo para uma atividade com bola.

A novidade foi o retorno do meia-atacante Ruy, artilheiro do América na Série B, com 6 gols. Ele foi liberado pelo Departamento Médico do Coelho e já está apto a atuar. O jogador pode ser uma das opções do técnico Enderson Moreira para enfrentar os catarinenses.

A última partida de Ruy foi na vitória por 4x2 sobre o Figueirense, quando marcou um gol. Depois, no dia 25 de julho, ele sofreu um estiramento grau 1 na panturrilha esquerda.

“Foi um tempo longo, mas agora estou liberado e, felizmente, estou à disposição do treinador. Estou muito feliz e à disposiçãõ para ajudar a equipe”, comenta o camisa 21.

O Coelho volta às atividades na tarde desta segunda-feira (21), última atividade antes da partida contra o Criciúma.


Confira outros trechos da entrevista do meia-atacante Ruy, concedida na manhã deste domingo:

Período afastado por lesão (desde 25/7)

"Foi um tempo longo, mas agora estou liberado e, felizmente, estou à disposição do treinador. Estou muito feliz e à disposição para ajudar a equipe.

É muito ruim ficar de fora, apenas torcendo. Mas estou feliz, porque meus companheiros estão em um momento muito bom. Eles estão atravessando um momento pessoal e coletivo muito bom. Então, estou feliz pela equipe e, agora, mais ainda porque estou à disposição. Vou poder ajudar da maneira que mais gosto, que é jogando.

A nossa disputa é sadia. Quem fizer o gol, vai ajudar a equipe a sair com a vitória. Isso é o mais importante."

Retorno contra o Criciúma

"Até conversei no campo com o Enderson. Acho que é provável que eu fique como suplente se ele optar por me levar para o jogo. 90 minutos é difícil de suportar. Fiz uma transição muito boa, mas o ritmo do jogo é totalmente diferente. Ainda mais em um jogo que vai ser muito difícil e muito intenso. A equipe do Criciúma está vindo numa crescente muito boa."

Boas lembranças contra o Criciúma (fez gol e venceu no 1º turno)

"Boas lembranças não só para mim, mas para toda a equipe. Acho que foi um jogo muito da nossa equipe, porque saímos atrás do placar e não sentimos o gol. Criamos forças para virar. O Criciúma nos traz boas lembranças e espero que o placar se repita, mas com mais tranquilidade."

Aproximação do Internacional

"Acho que não preocupa. Nosso maior objetivo é pensar em nós mesmos. Sabemos da qualidade do Internacional, que tem um projeto muito bom. É a equipe que mais investe na Série B, pelo orçamento que tem. Não nos atrapalha em nada, vamos continuar da mesma maneira, em cima das nossas metas e dos nossos objetivos. Dessa maneira, vamos em busca do acesso para a Série A e, quem sabe, conseguir o título."