Com o principal objetivo do ano alcançado restando ainda três rodadas para o fim da Série B, a temporada 2018 começa já nesta semana para o América.

Enquanto comissão técnica e jogadores seguem focados na busca pelo título nacional após a confirmação do acesso à Primeira Divisão, a diretoria inicia o planejamento e a montagem do elenco que terá a missão de manter o Coelho na elite do Campeonato Brasileiro.

A primeira tarefa é avaliar o grupo atual e abrir negociações com os atletas em fim de contrato que estejam nos planos para o próximo ano. Das 35 peças à disposição atualmente, 19 possuem vínculo com o clube apenas até o término desta temporada.

Vamos conversar e começar a pensar. Não tem nada concreto programado por enquanto, pois ainda estamos muito focados no nosso objetivo. Mas é lógico que, com o acesso, a gente já precisa começar a avançar”

Ricardo Drubscky

A lista inclui alguns dos destaques da campanha americana, como os laterais Norberto e Giovanni, o volante Ernandes, os meias Gerson Magrão, Ruy e Renan Oliveira e o atacante Luan, vice-artilheiro do time na competição, com oito gols.

Completam a relação o goleiro Fernando Leal, os laterais Ceará e Pará, o zagueiro Renato Justi, os volantes David, Neto Moura, Rafal Jataí e Willian, o meia Felipe Amorim e os atacantes Hugo Almeida, Hugo Cabral e Mike.

Além destes, se considerada a participação na próxima edição da Série A, o clube mineiro ainda precisará se preocupar com as permanências ou não do zagueiro Lima e dos atacantes Edno e Bill, principal goleador da equipe na Segundona, com nove gols.

Os três têm contrato só até maio do ano que vem, e o início do Campeonato Brasileiro está marcado para o dia 15 de abril.

“Amanhã (nesta segunda-feira, 13) tem reunião, vamos conversar e começar a pensar. Não tem nada muito concreto programado por enquanto, pois ainda estamos muito focados no nosso objetivo (título). Mas é lógico que, com o acesso confirmado, a gente já precisa começar a avançar”, afirmou o diretor de futebol do América, Ricardo Drubscky, em contato com o Hoje em Dia.

Na semana passada, Enderson Moreira havia revelado um apelo pessoal à diretoria para que tais conversas só fossem iniciadas após a confirmação matemática do acesso.

“Queremos resolver logo isso para iniciar o planejamento do ano seguinte. Não estamos falando absolutamente nada sobre a próxima temporada, a pedido meu, porque estamos absolutamente focados neste momento. Precisamos da confirmação, então o quanto antes ela acontecer seria ótimo”, dissera o técnico em entrevista coletiva antes da vitória por 2 a 1 sobre o Figueirense, no último sábado (11).

Comando

O próprio Enderson é dúvida para a próxima temporada. O técnico já recebeu uma proposta oficial de renovação até dezembro de 2018, mas só deve sentar para conversar com a diretoria ao término da Série B.

A esperança do Coelho é que ele tenha interesse pessoal em dar continuidade ao trabalho. Vale ressaltar que o treinador chegou a recusar ofertas de clubes da elite nacional (Sport, Chapecoense, Ponte Preta e Atlético-GO) ao longo da boa campanha alviverde na Segundona.