O América tem um novo treinador. Ricardo Drubscky, que ocupava o cargo de diretor de futebol do clube, foi o escolhido para comandar o time na sequência do Campeonato Brasileiro. 

Drubscky assinou o novo vínculo até o fim de 2018, e chega para substituir Enderson Moreira, que deixou o clube, no último sábado (16), para assumir o Bahia.

A escolha caseira, em detrimento a outros nomes disponíveis no mercado, se dá basicamente pelo conhecimento que o profissional tem, tanto do elenco de jogadores, quanto do dia a dia do clube.

Na função de diretor de futebol desde outubro de 2016, o agora comandante do Coelho foi um dos responsáveis pela montagem do elenco que conquistou o bicampeonato do Brasileiro da Série B, no ano passado.

Durante a apresentação do novo técnico, na manhã desta quarta-feira (20), o presidente do América, Marcos Salum, destacou o trabalho de Drubscky nos últimos anos.

“O Ricardo tem todo um histórico no América, que é importante a torcida saber disso. O projeto atual do América começou em 2016, mas, especificamente, depois do Mineiro de 2017, houve uma reunião do Conselho de Administração em que nós começamos ali o desenho do projeto que culminou no dia de hoje. O Ricardo fez parte disso desde o início, portanto a escolha por ele foi feita pela capacidade técnica dele. É importante ressaltar que a função do Ricardo era futebol. Ele é a melhor pessoa e a mais preparada para dar continuidade ao projeto que desenvolvemos há mais de um ano”, afirma, Salum.

Na beira do campo, o último trabalho de Ricardo Drubscky foi em 2016, quando comandou o Anápolis-GO, na disputa da Série D do Campeonato Brasileiro.

Continuidade

Escolhido para comandar o time no restante da temporada, em que o principal objetivo do clube é a permanência na Série A, Drubscky revela qual o perfil que deseja do time em campo, fazendo questão de ressaltar o trabalho de seu antecessor.

“Meu estilo de jogo propõe o jogo, busca defender bem, atacar bem e não ter medo de jogar. A Diretoria e a torcida do América podem ter certeza de que a equipe vai buscar propor as ações nas partidas, assim como já vem fazendo, mas tentar melhorar ainda mais todos esses conceitos que vem praticando em campo. Não começarei meu trabalho do zero, mas, sim, de um patamar já bastante elevado. Exigirei muito dos atletas nesse sentido, porque podemos fazer coisas ainda melhores do que temos feito”, explica.

Comissão técnica

O clube confirmou que Gerson Rocha, preparador físico que já estava no Clube, o auxiliar Geraldo Delamore, que já fazia parte da comissão fixa, substituem Edy Carlos, Luis Fernando Flores e Ailton da Hora, que também deixaram o clube para trabalhar no Bahia. O preparador de goleiros segue sendo o Silvio Jardim, que já era o principal nesse cargo.

Em relação ao cargo de diretor de futebol, a assessoria do América afirma que, inicialmente, nenhum profissional será contratado ou deslocado para a função. 

Ficha do técnico

Nome completo: Sebastião Ricardo Drubscky de Campos

Data de nascimento: 20/01/1960

Local de nascimento: Belo Horizonte (MG)

Últimos Clubes: Tupi-MG (junho a novembro de 2011), Volta Redonda-RJ (novembro de 2011 a abril de 2012), Atlético-PR (junho de 2012 a julho de 2013), Joinville-SC (julho a outubro de 2013), Criciúma-SC (dezembro de 2013 a fevereiro de 2014), Paraná Clube-PR (abril de 2014), Goiás-GO (abril a dezembro de 2014), Vitória-BA (dezembro de 2014 a março de 2015), Fluminense-RJ (março a maio de 2015), Osasco Audax-SP (agosto a outubro de 2015), Tupi-MG (fevereiro a junho de 2016), Anápolis-GO (junho a outubro de 2016).

Principais conquistas recentes: Campeonato Brasileiro Série D – 2011, Acesso à Série A do Campeonato Brasileiro – 2012, Manutenção na Série A do Campeonato Brasileiro – 2014.