Aproveitando que o Mineirão está mais uma vez cheio para assitir a um jogo do Cruzeiro, a diretoria celeste inovou numa campanha para conscientização na luta contra a Febre Amarela. O tradicional uniforme azul da Raposa ganhou meiões amarelos para o duelo diante do América, neste domingo (4).

Os jogadores sob o comando do técnico Mano Menezes utilizaram as meias numa cor que se caracterizou como símbolo do ídolo Raul Plasmann para chamar atenção diante de uma doença que já levou ao óbito 48 pessoas em Minas Gerais, desde dezembro de 2018.

A ação ainda contará com distribuição de mais de 14 mil repelentes aos torcedores no fim do jogo contra o Coelho, que se iniciou às 17h deste domingo, pela quarta rodada do Campeonato Mineiro 2018.

"Queremos que toda a população se conscientize sobre a Febre Amarela, um problema grave que todos estamos enfrentando e que devemos nos unir cada vez mais para encarar a doença. Iremos aproveitar que vamos ter grande presença da nossa torcida para expor a questão", afirmou Marco Antônio Lage, Vice-Presidente Executivo do Cruzeiro, ao site oficial do clube.

Raposa faz ação de conscientização para a luta contra a Febre Amarela, doença que matou 48 em Minas