Os 23 nomes conhecidos pela torcida brasileira que irão defender o país na Copa do Mundo de 2018 teve poucas surpresas do técnico Tite. A lista de convocados divulgada nesta segunda-feira, a um mês do Mundial, teve três jogadores formados na base do Corinthians, e outros três no Internacional.

O Timão e o Colorado são os líderes neste quesito. O lateral-direito Fágner, que está no clube paulista, o zagueiro Marquinhos do PSG e o meia-atacante Willian do Chelsea são os corintianos de origem. Já Alisson, Fred e Taison (Roma e Shakhtar Donetsk para os dois últimos) carregam formação colorada no sangue.

O volante, um dos nomes menos assegurados nos prognósticos da lista, tem uma parte da formação no Atlético. Mineiro de Belo Horizonte, ele deixou a base do Galo quando estava perto de assinar o primeiro contrato profissional. Foi levado por Assis, irmão de Ronaldinho, para a base do Inter.

Casos assim não são tão incomuns. Por exemplo, o zagueiro Pedro Geromel, que ao lado de Cássio e Fágner foram o trio de atletas do futebol brasileiro convocados, passou por Palmeiras e Portuguesa-SP na adolescência até chegar em Portugal.

Já Thiago Silva foi formado no RS Futebol, do Rio Grande do Sul, e com trajetória na infância pelo Fluminense, por onde se destacou nacionalmente. Roberto Firmino também passou por dois clubes - CRB e Figueirense. Outro caso curioso é do volante Paulinho, que iniciou no Pão de Açúcar (atual Grêmio Osasco Audax) e jogou no Vilnius da Lituânia até chegar ao Bragantino e ir ao Corinthians. 

Clubes atuais, clubes formadores e idade dos 23 convocados de Tite

Clubes atuais, clubes formadores e idade dos 23 convocados de Tite