Depois de bater recordes em um primeiro turno perfeito e abrir dez pontos de vantagem na liderança já na 24ª rodada, o Corinthians vive seu pior momento no Brasileirão. E vê o título “virtual” ameaçado justamente pelo rival Palmeiras.

O Timão foi derrotado pela Ponte Preta por 1 a 0, neste domingo (29), em Campinas, e chegou a quatro partidas sem vencer na competição (três derrotas e um empate).

A má fase coincide com o crescimento do concorrente, animado por uma sequência de três triunfos seguidos. O embalo do Verdão, inclusive, pode aumentar, em caso de resultado positivo sobre o Cruzeiro, às 20h desta segunda-feira (30), no encerramento da rodada.

Se isso acontecer, a primeira colocação na tabela – defendida de forma consecutiva pela equipe do técnico Fábio Carille desde a quinta rodada – estará ameaçada já no próximo domingo (5), quando os arquirrivais paulistas medirão forças no clássico, às 17h, na Arena do Corinthians.

Isso porque o time do técnico Alberto Valentim diminuirá a diferença para três pontos se derrotar a Raposa. E, assim, dependeria só de si mesmo para tomar a liderança, pois poderia igualar os 59 pontos do rival, com uma vitória a mais.

“O que me deixa mais contente é o rendimento. Foi bom. Os jogadores entraram no vestiário de cabeça erguida”, minimizou Carille após o revés no Estádio Moisés Lucarelli.