Nem mesmo a decisão do Ministério Público do Paraná (MP-PR), que impôs “torcida única” na Arena da Baixada na partida entre Atlético-PR e Cruzeiro, impediu que cruzeirenses acompanhassem na noite desta quarta-feira (16) o duelo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil contra o Furacão. Vários torcedores se aglomeraram no setor Brasílio Itiberê superior do estádio, conforme informação do jornal Gazeta do Povo, porém sem camisas ou bandeiras em alusão ao clube.

A torcida Geral Celeste postou fotos no Twitter mostrando a movimentação dos torcedores do Cruzeiro na Arena da Baixada.

A intenção do MP-PR, junto com o próprio Atlético-PR, é testar a medida de não reservar espaço para a torcida visitante, dando aos torcedores do clube que não é do estado do Paraná comprar ingressos, mas ficar lado a lado com os adeptos do time mandante. Segundo os próprios idealizadores, a ideia acontece pela diminuição da violência nos estádios.

Tal ação não agradou aos torcedores, que pelas redes sociais não deixaram de demonstrar insatisfação por não terem a liberdade de se expressar e torcer pelo clube do coração na Arena da Baixada.

 

;