O Cruzeiro fez na 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, contra o Atlético-PR, na noite desta quarta-feira (12), o que não havia conseguido ainda no torneio de regularidade: vencer duas partidas de forma consecutiva. Na Arena da Baixada, a Raposa mudou essa escrita ao bater o Furacão por 2 a 0. O resultado deixou o time celeste com 22 pontos, na quinta colocação, dentro do G-6, zona de classificação à Copa Libertadores da América. Os gols do jogo foram marcados por Lucas Romero e Rafael Marques, um em cada tempo.

A equipe de Mano Menezes, de qualquer maneira, permanecerá no G-6 ao fim da 13ª rodada. E o Cruzeiro só perderá a quinta colocação caso o Sport vença a Chapecoense nesta quinta-feira (13), na Arena Pernambuco. O Leão tem 18 pontos e está na oitava colocação.

Com moral, a Raposa agora enfrentará o Flamengo, neste domingo (16), às 16h, no Mineirão. Já o Atlético-PR terá pela frente o líder Corinthians, em São Paulo, no sábado (15), às 19h. 

O jogo

Apesar de não ter mais posse de bola do que o Atlético-PR, o Cruzeiro foi mais efetivo no primeiro tempo, e, assim, alcançou o gol de forma merecida aos 27 minutos. O polivalente Lucas Romero, uma das peças mais importantes do time de Mano Menezes nos últimos jogos, tabelou com Alisson, recebeu dentro da área e, de carrinho, fez o primeiro da Raposa: 1 a 0.

Além disso, o clube mineiro ainda havia acertado uma bola no travessão em chute do volante Lucas Silva. 

A Raposa conseguiu envolver o adversário mesmo com inferioridade no quesito posse de bola. E a diferença chamava a atenção. O Cruzeiro tinha apenas 36% de posse de bola. Já o Furacão ficou com a bola nos pés em 64% do período da etapa inicial.

No segundo tempo o Cruzeiro manteve um jogo inteligente, segurando o Atlético-PR e atacando de forma perigosa. E o time azul foi recompensado com mais um gol quase no fim da partida. Aos 40 minutos, Rafael Marques aproveitou a sobra, após uma defesa do goleiro Weverton em chute de Thiago Neves, e balançou a rede atleticana: 2 a 0. Foi o primeiro gol do atacante que veio do Palmeiras para a Toca II.

O lance do segundo gol estrelado começou com uma bela jogada de Nonoca, um jovem meio-campista revelado nas categorias de base da Raposa. Ele fez a fila na entrada da área e a bola acabou sobrando para Thiago Neves.