Responsável por tirar a invencibilidade do Cruzeiro nesta temporada, após 21 partidas, o São Paulo voltará ao estádio Mineirão, neste fim de semana, apostando num retrospecto amplamente positivo como visitante diante da Raposa. As duas equipes se enfrentam pela rodada inaugural do Campeonato Brasileiro, às 16h deste domingo (14).

A seu favor, por outro lado, a Raposa terá a vantagem de contar com um dia a mais de descanso antes da estreia na principal competição nacional. A delegação celeste embarcou de volta a Belo Horizonte em voo fretado logo após a eliminação na Copa Sul-Americana, pelo Nacional-PAR, em Assunção. Os jogadores ganharam folga e se reapresentarão na Toca II amanhã.

Precisamos iniciar bem o Campeonato Brasileiro, e já temos um jogo duríssimo no domingo. Vamos ter que recuperar a confiança que perdemos, e esse é o
papel do treinador"

Mano Menezes,
técnico do Cruzeiro

Já o Tricolor paulista entra em campo às 21h45 desta quinta-feira (11), contra o Defensa y Justicia-ARG, no Morumbi, também pela primeira fase do torneio continental. No jogo de ida, os dois times ficaram no empate em 0 a 0, na Argentina.

‘Freguesia’

A partida terá sabor de revanche para as duas equipes. Apesar de ter quebrado a sequência invicta do Cruzeiro, com vitória por 2 a 1 no Gigante da Pampulha, o São Paulo ficou sem a vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil, por ter sido derrotado por 2 a 0 em casa no primeiro confronto.

Desde que a Série A do Brasileirão passou a ser disputada no sistema de pontos corridos, a partir de 2003, o histórico de duelos em Minas Gerais é bastante favorável aos visitantes.

Nas 14 edições anteriores, a Raposa só levou a melhor em duas ocasiões, ambas no Mineirão. O Tricolor, por sua vez, comemorou a vitória em oito oportunidades, sendo uma no Independência, outra no Parque do Sabiá (Uberlândia) e uma terceira na Arena do Jacaré (Sete Lagoas).

As duas equipes ainda empataram em quatro confrontos. Assim, o aproveitamento do time mineiro diante dos paulistas é de apenas 24%.

Leia mais:
Cruzeiro cai na primeira fase da Sul-Americana, e Mano Menezes fala em 'recuperar confiança'
Derrota para o Nacional quebra 23 anos de invencibilidade do Cruzeiro contra paraguaios
Após eliminação, diretoria confirma reunião com elenco do Cruzeiro: 'vamos interferir onde precisar'