A morte do ex-volante Zé Carlos, um dos grandes nomes da história do Cruzeiro, fez o clube celeste prestar homenagens ao meio-campista que marcou época com a camisa estrelada entre 1965 e 1977.

Por meio do Twitter o clube estrelado divulgou nota oficial pela morte de Zé Carlos, e ainda alterou a foto do avatar do perfil oficial. Agora em vez do escudo do clube há uma imagem do ex-volante. O que também fez no Facebook.

A nota divulgada pelo Cruzeiro é assinada pelo presidente Wagner Pires de Sá, que lamenta o falecimento de Zé Carlos: "Com a camisa celeste, a qual honrou como poucos, Zé Carlos fez parte de grandes esquadrões da história do Cruzeiro e conquistou títulos épicos como a Taça Brasil de 1966 e da Copa Libertadores em 1976", diz parte do texto.

Leia na íntegra a nota de pesar pelo falecimento de Zé Carlos publicada no site oficial do Cruzeiro

O Cruzeiro Esporte Clube lamenta profundamente a morte de José Carlos Bernardo, o ídolo eterno Zé Carlos, que nos deixou nesta terça-feira, 12 de junho de 2018.

Nascido em Juiz de Fora-MG, Zé Carlos foi o segundo jogador que mais vestiu a camisa do Clube, em 633 oportunidades, e defendeu o Cruzeiro entre os anos de 1966 a 1978.

Com a camisa celeste, a qual honrou como poucos, Zé Carlos fez parte de grandes esquadrões da história do Cruzeiro e conquistou títulos épicos como a Taça Brasil de 1966 e da Copa Libertadores em 1976, além de ter sido campeão mineiro em nove ocasiões (1966/67/68/69/72/73/74/75/77).

Zé Carlos faleceu aos 73 anos e defendeu ainda o Sport de Juiz de Fora, o Guarani de Campinas (onde foi  campeão brasileiro em 1978) e o Villa Nova-MG.]

Todos nós, da família Cruzeiro, manifestamos neste momento de dor o nosso carinho, compaixão e solidariedade aos amigos, familiares e fãs de Zé Carlos, que sempre terá um cantinho especial no coração de cada cruzeirense e dos amantes do bom futebol.

Wagner Pires de Sá

Diretores e funcionários do Cruzeiro Esporte Clube