Com o claro objetivo de superar as temporadas ruins dos dois últimos anos, nas quais ficou de fora inclusive das finais do Campeonato Mineiro, o Cruzeiro se reapresenta hoje à tarde na Toca da Raposa II para iniciar os trabalhos de 2017.

Com o técnico Mano Menezes mantido e a base do elenco preservada, as principais novidades se encontram na gestão celeste, com a saída de Thiago Scuro da diretoria de futebol e a chegada do ex-jogador Paulo César “Tinga” para a o cargo de gerente do setor. “Tirei dois anos para me preparar, acompanhar e ver o futebol diferente da maneira que via”, declarou o novo dirigente.

Diferentemente do rival Atlético, que trocou de técnico, e da sua própria experiência na temporada passada, o clube manteve Mano Menezes no comando da equipe em 2017. O treinador terá à disposição quatro novos reforços, com destaque para o meia Thiago Neves, vindo do Al Jazira (Emirados Árabes), anunciado como “presente” no aniversário do clube, na semana passada.

Além dele, chegam à Toca da Raposa II o zagueiro equatoriano Luis Caicedo, vice-campeão da última Libertadores pelo Independiente del Valle (Equador); o lateral-esquerdo Diogo Barbosa (ex-Botafogo); e o volante Hudson (ex-São Paulo), envolvido em troca pelo atacante Neílton.

Apesar das atuações elogiadas do substituto Rafael em 2016, outra boa notícia para a torcida é o retorno do goleiro Fábio, que se recupera bem de uma cirurgia no joelho direito.

Por outro lado, fica de fora do grupo o zagueiro Bruno Rodrigo, cujo contrato não foi renovado. O clube ainda emprestou os também defensores Fabrício Bruno e Douglas Grolli para a reconstrução da Chapecoense. As baixas podem levar à contratação de um novo nome para o setor.

Grana
A diretoria não descarta por completo a possibilidade de mais reforços para qualquer posição, caso surjam boas oportunidades. O presidente Gilvan de Pinho Tavares, porém, tem pontuado as dificuldades econômicas que o país enfrenta como um entrave. A questão financeira tem atrapalhado, por exemplo, um acordo para a volta do atacante Marcelo Moreno, cuja negociação vem se arrastando com o clube, que não pretende pagar “luvas” em novo contrato.

A reapresentação está marcada para as 16h. O grupo tem treinamentos agendados para todos os demais dias da semana nos horários da manhã e da tarde, e também treinará no próximo domingo.

A estreia do Cruzeiro no Campeonato Mineiro será no dia 29 de janeiro, contra o Villa Nova. Pela Primeira Liga, a Raposa enfrenta logo de cara o Atlético, no dia 1º de fevereiro.