O Carnaval celeste começou com vitória em campo e fez a folia dos torcedores mais animada na noite desta sexta-feira. Em Governador Valadares, o Cruzeiro bateu o Democrata-GV por 2 a 0 e se consolidou ainda mais na liderança do Campeonato Mineiro. Os gols do time estrelado foram marcados por Mancuello e Marcelo Hermes, os dois “estreantes” da sexta rodada. 

O lateral-esquerdo fazia sua estreia com a camisa azul, enquanto o meio-campista argentino foi titular pela primeira vez. Além dos dois, o goleiro Fábio mostrou que estava em uma noite inspirada. O camisa 1 fez defesas importantes e como um paredão garantiu que a meta cruzeirense não fosse vazada.

A próxima partida do Cruzeiro está marcada para sábado (17), às 16h30, no Mineirão. Já o Democrata-GV visita o Tombense em Tombos, no mesmo dia, mas às 16h.

O resultado desta sexta-feira garante o Cruzeiro na próxima fase do Estadual. A Pantera agora é a lanterna da competição e lutará contra o rebaixamento.

O jogo

Mano Menezes apostou em três mudanças na equipe titular, possibilitando a estréia de Marcelo Hermes na lateral esquerda, dando a Mancuello a primeira oportunidade de iniciar uma partida, e aproveitando Manoel no miolo de zaga, já que Murilo foi poupado.

E o meio-campista argentino foi um dos nomes do primeiro tempo, bem como o goleiro Fábio. Dos pés do gringo saiu o gol da Raposa, enquanto o camisa 1 salvou três ‘quase gols’ da Pantera.

Antes de a bola rolar o treinador celeste avisou sobre uma troca de esquema, deixando o usual 4-2-3-1 de lado e apostando no 4-3-3. Tudo para que seu time pudesse usar muito os lados de campo, pois previu que o técnico adversário, Gilmar Estevam, “povoaria bem” o meio de campo do Democrata. O que de fato aconteceu.

E para quem pensou que o time da casa seria só defesa, com certeza surpreendeu-se. O Democrata-GV teve três grandes oportunidades de gol no primeiro tempo. Não fosse o goleiro Fábio com defesas arrojadas, fatalmente o Cruzeiro levaria gols.

Aos 3 minutos, Fernando deu lindo passe para Leandro, que cara a cara com Fábio viu o camisa 1 da Raposa crescer e fazer a defesa.

Forte no ataque, mas mostrando dificuldades de entrar na área adversária, a equipe de Mano Menezes teve sua primeira boa chance aos 10 minutos. Fred recebeu dentro da área, tentou se livrar da marcação e, mesmo pressionado, fez o arremate. A bola foi para fora.

Aos 14 minutos Fernando foi mais esperto após o bate-rebate, pegou a sobra e de longe chutou. Fábio novamente fez grande defesa.

O jogo estava bem parelho, mas o estreante Mancuello acertou um chute de rara felicidade. Aos 15, de fora da área, o argentino surpreendeu o goleiro Ramon: 1 a 0. A bola desviou no meio do caminho e enganou o arqueiro do time do Vale do Rio Doce.

O jogo seguiu acelerado e o Democrata-GV não se intimidou. Fábio garantiu à integridade da meta estrelada com uma defesa arrojada aos 23 minutos, quando Marcinho chutou e o goleiro defendeu com os pés um chute à queima-roupa.

Apesar de “não afinar” diante de um time da Série A, o Democrata foi pressionado pelo Cruzeiro, que teve mais posse de bola: 57% contra 43%. E o maior volume no primeiro tempo fez com que o atacante Fred, que passou em branco nos 45 minutos iniciais, analisasse o desempenho da Raposa.

“Importante (o gol) porque dá mais tranquilidade Estamos tocando bem a bola, chegando pelos dois lados. A gente tem que aproveitar a posse de bola para transformar em oportunidade e fazer os gols”, comentou ao canal Premiere ao fim do primeiro tempo.

O segundo tempo seguiu a linha do primeiro, sem que o time da casa se escondesse, e com o goleiro Fábio mostrando que os treinos com o preparador Robertinho na Toca II dão resultado.

Aos 7 minutos se esticou para evitar um gol de Kayo, que limpou bem a jogada antes de chutar e obrigar o goleiro celeste a fazer bela defesa.

Aos 15, novamente, o “monstro Fábio” salvou o Cruzeiro. Após cobrança de Falta, Carlão cabeceou para baixo, e mostrando muito poder de reação o goleiro estrelado fez defesa incrível.

O goleiro fez defesas incríveis em lances cruciais e garantiu a integridade da meta azul. E aos 31 minutos o Cruzeiro fechou a conta no Vale do Rio Doce. Marcelo Hermes fez bela jogada individual, driblou Marcelo Rosa e chutou alto. O goleiro Ramon se agachou e não conseguiu fazer a defesa: 2 a 0 em um jogo que foi valorizado pela atitude de ambas as equipes, que buscaram o ataque.

DEMOCRATA-GV 0  X 2 CRUZEIRO

Motivo: 6ª rodada do Campeonato Mineiro

Local: Estádio José Mammoud Abbas, em Governador Valadares

Árbitro: Antônio Márcio Teixeira da Silva

Auxiliares: Sidmar dos Santos Meurer e Welington Pereira Neto

Gols: Mancuello, aos 15 minutos do primeiro tempo;  Marcelo Hermes, aos 31 minutos do segundo tempo.

Cartão Amarelo: Wallace (DEM); Fábio (CRU)

Cartão Vermelho: Não houve

DEMOCRATA-GV – Ramon; Mike (Marcelo Rosa), Jefão, Carlão, Wallace;  Ruan, Wallisson (Marcelo Jr), Kayo, Fernando e Marcinho; Leandro (Jones). Técnico: Gilmar Estevam

CRUZEIRO – Fábio; Edílson (Lucas Romero), Léo, Manoel e Marcelo Hermes; Henrique, Mancuello (Ariel Cabral); Rafinha, Robinho e Arrascaeta (Rafael Sóbis); Fred. Técnico: Mano Menezes