Iniciar o Brasileirão com vitória sobre o São Paulo, no duelo marcado para domingo (14), no Mineirão, é a única alternativa para que a confiança na Toca da Raposa seja reestabelecida. Apesar do aproveitamento de 75% na temporada, a paz foi rompida após fiascos na decisão estadual, na qual perdeu o título para o Atlético, e na primeira fase da Copa Sul-Americana,quando foi eliminado pelo Nacional, do Paraguai. O grande problema, porém, é que o Tricolor também vive péssimo momento.

No duelo entre as equipes em 2017, empatado em número de vitórias (2 x 0 Cruzeiro no Morumbi e 2x1 São Paulo no Mineirão), a Raposa leva vantagem por ter superado o time paulista no critério de desempate e avançado às oitavas de final da Copa do Brasil. Um oxigênio extra para o técnico Mano Menezes, que segue prestigiado pela diretoria, mesmo com os últimos resultados.

Do outro lado, o visitante Rogério Ceni, por sua vez, também vive momento de turbulência no comando do time que por duas décadas defendeu como goleiro. Eliminado no Paulistão, na Copa do Brasil e na Sul-Americana, o ex-camisa 1 subiu na tradicional "corda bamba" e precisa dar resposta imediata para seguir no cargo.

Confira os números de Mano Menezes e Rogério Ceni em 2017 (Considerando jogos oficiais e amistosos):

Mano Menezes

Jogos: 28
Empates -  6
Vitórias  - 19
Derrotas  - 3
Aproveitamento - 75%

Rogério Ceni

Jogos: 25
Empates - 11
Vitórias  - 10
Derrotas  - 4
Aproveitamento - 54,6%