Depois de empatar com o Vasco em casa, o Cruzeiro tentará recuperar os pontos desperdiçados fora de Belo Horizonte. E o próximo compromisso da Raposa está marcado para as 19h deste sábado, contra a Chapecoense, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O técnico Mano Menezes tentará em Chapecó, mais precisamente na Arena Condá, palco do jogo entre mineiros e cariocas, levar o seu time a mais uma vitória no Brasileirão. Para isso, terá o retorno do atacante Sassá, que cumpriu suspensão automática diante do Vasco. Outros jogadores que ficam à disposição são os volantes Henrique e Lucas Romero, ambos recuperados.

Uma provável ausência preocupa. Um dos destaques da equipe, Lucas Silva não treinou nesta sexta-feira. O jogador, com febre, sequer foi ao campo para trabalhar. Sua escalação vai depender de avaliação médica no dia da partida. Se não reunir condição de jogar, será substituído pelo argentino Romero.

O técnico Mano Menezes não confirmou o time que enfrenta a Chape, e admitiu dúvidas em dois setores: meio-campo e ataque.

“Temos a possibilidade de Sassá ou Raniel e a questão do Lucas. O restante da equipe, provavelmente, será a mesma”, comentou.

O meia-atacante Rafinha ficou em Belo Horizonte e ainda segue se recuperando do problema no púbis.

O provável Cruzeiro tem: Fábio; Edílson, Dedé, Léo e Egídio; Henrique, Lucas Romero (Lucas Silva), Robinho, Thiago Neves e Rafael Sobis; Sassá (Raniel).

A Chapecoense, que dos 12 gols no Brasileirão, 66% foram originados em bolas paradas, contará com o retorno de uma peça ofensiva importante. O atacante Leandro Pereira cumpriu um jogo de suspensão (contra o Vitória) pela expulsão no empate em 3 a 3 com o Atlético, e fica à disposição do técnico Gilson Kleina.

Outro jogador que também ganha condição de jogo é o volante Amaral. O meio-campista cumpriu um protocolo da Fifa por ter sofrido uma pancada na cabeça (concussão) e pode ganhar a posição de Elicarlos ou Márcio Araújo.

"O Amaral treinou. Respeitamos o protocolo de concussão. Ele vinha jogando, Eli e Márcio fizeram papel importante, se completam. O Amaral pela experiência, se voltar com ele é importante o equilíbrio. O Leandro, no tempo que ficou contra o Atlético, foi importante. São dois grandes jogadores que podem voltar. Ou trabalhar de outra forma e colocar um ataque mais rápido", disse o técnico Gilson Kleina.

CHAPECOENSE X CRUZEIRO

Motivo: 11ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Arena Condá, Chapecó (SC)
Dia e horário: Sábado (9/6), às 19h

Provável Chapecoense: Jandrei; Apodi, Thyere, Douglas e Bruno Pacheco; Canteros, Márcio Araújo e Elicarlos (Amaral); Arthur Caike, Leandro Pereira e Wellington Paulista (Leandro Pereira). Técnico. Gilson Kleina. 

Provável Cruzeiro: Fábio; Edílson, Dedé, Léo e Egídio; Henrique, Lucas Romero (Lucas Silva), Robinho, Thiago Neves e Rafael Sobis; Sassá (Raniel). Técnico Mano Menezes.