Dois dias após comunicar o desligamento do América para assumir o Bahia na sequência do Campeonato Brasileiro, o técnico Enderson Moreira divulgou uma carta de despedida.

No texto, o ex-comandante do Coelho, que era o mais longevo entre os times da Série A, enaltece o trabalho desenvolvido desde julho de 2016, que culminou com o título do Campeonato Brasileiro da Série B, no ano passado, em cima do gigante Internacional.

"Se consegui desenvolver no América um dos melhores projetos de futebol de toda a minha carreira, foi graças à união e à determinação de todos os envolvidos em tornar realidade algo que começou há quase dois anos”, diz em um dos trechos da carta. 

O treinador também fez questão de agradecer a diretoria, os jogadores e a torcida americana. No comando do América foram 111 partidas, com 43 vitórias, 32 empates e 36 derrotas – aproveitamento de 48,34% dos pontos. Foram 112 gols a favor e 110 contra.

Quinto treinador que mais comandou o clube na história, Enderson deixa o América na 13ª colocação do Campeonato Brasileiro, com 14 pontos, dois acima da zona de rebaixamento, mas com a mesma pontuação do 12º colocado, o Fluminense, que fecha a zona de classificação para a Copa Sul-Americana. 

A diretoria do Coelho se mobiliza para contratar um novo técnico até o dia 25 de junho, quando o time se reapresenta após 10 dias de folga. O próximo compromisso da equipe alviverde é no dia 19 de julho, quando vai fazer o clássico contra o Cruzeiro, no Mineirão, pela 13ª rodada do Brasileiro. 

Confira a íntegra da carta divulgada por Enderson Moreira: 

"Se consegui desenvolver no América um dos melhores projetos de futebol de toda a minha carreira, foi graças à união e à determinação de todos os envolvidos em tornar realidade algo que começou há quase dois anos”, diz em um dos trechos da carta. 

Em vez de uma despedida triste, como geralmente acontece, saio do Coelho cheio de gratidão a todas as pessoas que integram essa família com muito orgulho de tudo que conquistamos juntos, em equipe! Tenho a certeza de que fiz o meu melhor e de que deixo, hoje, um importante legado para os próximos profissionais que venham a receber a honra de trabalhar nesta grande instituição.
 
Deixo meus mais sinceros agradecimentos aos profissionais do América, com quem dividi meu dia a dia, nos últimos anos. À diretoria, que confiou no projeto, à torcida, que a cada dia mais faz a diferença nas partidas, e, especialmente, aos jogadores, que doaram, a cada jogo, 100% de sua energia e disposição. Sem vocês, nada disso seria possível. Fica a minha torcida para que seja apenas o começo de um belo futuro e que o América Futebol Clube possa continuar mostrando a todos que é capaz de superar qualquer adversário, pois sua camisa, tradição e torcida são de excepcionalidade ímpar.
 
Enderson Moreira"