O técnico Mano Menezes promoverá mudanças no time do Cruzeiro no jogo com o Democrata-GV, nesta sexta-feira (9), às 21h30, no estádio José Mammoud Abbas, em Governador Valadares, pela sexta rodada do Campeonato Mineiro. Três alterações devem ser processadas pelo treinador, que mudará dois setores do campo: defesa e meio-campo.

O miolo de zaga deve ter Digão ou Manoel na vaga de Murilo, que será poupado. Na lateral esquerda Egídio, titular absoluto, dará lugar a Marcelo Hermes, que fará sua estreia com a camisa estrelada. 

"Estou bem, estou preparado para os 90 minutos. Na pré-temporada me prepararei, treinei forte para conseguir atuar os 90 minutos. O Campeonato Mineiro está sendo bem disputado, tem o América, Atlético, está bem difícil. Vai ser briga feia até o fim do campeonato. O elenco do Cruzeiro não tem o que falar. Tem dois jogadores por posição, muito forte, vamos brigar por todas as competições”, comentou Marcelo Hermes.

No meio-campo o argentino Ariel Cabral será substituído pelo compatriota Mancuello. Ariel Cabral treinou na equipe reserva, diferentemente do treino de quarta, quando começou na equipe titular e depois foi para o banco de reservas no segundo tempo da atividade. 

A dúvida na defesa acontece por que Mano Menezes escalou Digão na quarta-feira no time titular. E antes do início da atividade prévia ao confronto com a Pantera, chamou o camisa 28 para uma conversa rápida. Possivelmente para explicar a decisão de optar por Manoel na equipe titular. 

Trio intocável

A saída de Egídio para a entrada de Marcelo Hermes faz com que apenas dois jogadores permaneçam com o status de "intocáveis" no time titular no Campeonato Mineiro: Fábio e Fred.

Egídio, Fred e Fábio atuaram como titulares, até aqui, em todos os jogos do Cruzeiro no Campeonato Mineiro: Tupi, Caldense, Uberlândia, Tombense e América. Mas o lateral não será titular contra o Democrata.