Enderson Moreira treinará o Atlético-GO no Campeonato Brasileiro. Pelo menos de acordo com informação veiculada na imprensa goiana no último final de semana. Porém, na versão do América, trata-se apenas de boato sensacionalista e mentira. Esta foi a definição utilizada pelo superintendente do clube, Paulo Assis.

Fazendo coro à declaração do dirigente, o próprio Enderson Moreira rechaçou a possibilidade de deixar o alviverde ao término do Estadual para substituir Marcelo Cabo no rubronegro. Segundo o técnico, não houve contato algum com o Atlético ou com qualquer outro clube brasileiro.

"Nunca teve, em momento algum, proposta ou sondagem do Atlético. Já tive contato com eles, mas para falar sobre jogadores. Nada além disso. Eles (dirigentes do Atlético-GO) são pessoas sérias, não seria digno, pois lá tem um treinador que conseguiu o acesso com eles. Esse contato nunca houve", explicou o comandante.

"Tenho contrato e quero cumpri-lo. A partir disso, se não quiserem renovar, se as coisas não caminharem muito bem, fica a critério da direção. Tenho um prazer enorme de trabalhar nesse clube", concluiu.

Semifinalista do Campeonato Mineiro, o Coelho volta a campo domingo, às 18h, no Mineirão. Como empatou o primeiro jogo, por 1 a 1, a equipe de Moreira precisa vencer o Cruzeiro, mandante, para chegar à decisão. Atual campeão, o alviverde é obrigado a reverter a vantagem obtida pelo time celeste, vice-líder da primeira fase.