Depois do lateral-direito Patric, foi a vez de outro jogador emprestado pelo Atlético brilhar na Copa do Brasil. O atacante Carlos, cedido pelo Galo ao Internacional, fez dois gols da vitíoria de 3 a 0 do time colorado para cima do Sampaio Corrêa no torneio nacional, na noite da última quarta-feira (16). O jogador revelado nas categorias de base do alvinegro está emprestado no Beira Rio até dezembro. 

Sem espaço no Atlético, que conta com Rafael Moura, Fred e Clayton como opções de ataque, Carlos deixou o Atlético no início de fevereiro. Já marcou três gols com a camisa do Inter em menos de dois meses. Em 2016, com problemas de lesão, o jogador pouco atuou e fez apenas cinco gols pelo Galo.

O lateral-direito Patric volta a campo nesta quinta-feira (16), para encarar o Vasco da Gama. Também cedido pelo Atlético ao Vitória até o fim do ano, o atleta que estava fora dos planos do técnico Roger Machado foi o responsável por anotar o gol do empate em 1 a 1 contra os cariocas, no jogo de ida, em São Januário, pela Copa do Brasil. Apesar da boa partida no Rio de Janeiro, Patric vem de um erro de cobrança de pênalti no último compromisso do Vitória, quando a equipe baiana venceu o Botafogo-PB pela Copa Nordeste. No triunfo mínimo (1x0), o atacante André Lima também perdeu uma penalidade máxima. 

Outro jogador que pertence ao Atlético e está emprestado para outra equipe estará em atividade nesta quinta-feira, pela Libertadores. O meia-atacante Dodô, emprestado à Chapecoense, poderá encarar o Lanús em Santa Catarina. Ele, entretanto, segue sendo pouco aproveitado na Arena Condá, principalmente após ter sido expulso no duelo justamente contra o Galo, pela Primeira Liga. 

O último atleta a ser negociado de forma temporária pelo Galo ainda não atuou pela nova equipe. Na China, o meia-atacante Hyuri espera fazer a estreia no Chongqing Lifan, que só volta a jogar em abril, pela Super Liga Chinesa, contra o Tijian Teda, equipe que tentou contratar o volante Rafael Carioca na última janela.