Sem dúvida um dos maiores responsáveis pelo acesso do América à Série do Brasileirão, um ano após a queda, o treinador Enderson Moreira, que estava à frente do Coelho na reta final da campanha do rebaixamento no ano passado, teve apoio da diretoria, seguiu no time e agora colhe os frutos da sequência do trabalho.

Mesmo com participação fundamental na campanha vitoriosa, que resultou no acesso neste sábado, com três rodadas de antecedência, o treinador fez questão de dedicar a conquista aos jogadores. "Sem dúvida, quero dividir com os torcedores, pelo apoio e dedicação. Mas o mérito foi dos atletas, que fazem um campeonato maravilhoso. É um grupo dedicado, que sempre trabalhou muito e tem personalidade”, ressaltou.

Após a nova vitória fora de casa, agora sobre o Figueirense, o treinador americano, que não sabe o que é perder há oito jogos, ressaltou a importância da campanha regular também fora de BH para alcançar o feito. “Em qualquer estádio ou situação, jogamos para vencer e foi muito merecido esse acesso”,  completou.

Com o acesso garantido, o América, que neste sábado assumiu a ponta da tabela, com 66 pontos, dois a mais que o Internacional, com 64 pontos, agora vai em busca do título, que seria o segundo na história do clube mineiro.