Atlético e Internacional tratam de duas negociações independentes, mas que podem afetar uma a outra. O meia-atacante Valdívia tem sinal verde para deixar o time gaúcho e vê o Galo como principal interessado. Na outra mão, alvinegros e colorados estudam a troca de zagueiros: Erazo e Ernando. Mas o equatoriano não demonstrou tendência a aceitar voltar a Porto Alegre.

Vindo de problemas físicos no joelho e até mesmo uma acusação de agressão à esposa, Erazo foi aproveitado pelo técnico Roger Machado em apenas 23 minutos dos 25 jogos já realizados pelo time na temporada. Cumpre a última partida de suspensão neste domingo, pelo Brasileiro, e briga por vaga no time titular com a lesão de Leonardo Silva. O defensor vive uma má fase, e pretende dar a volta por cima no próprio Galo. 

Caso a troca entre zagueiros não ocorra, ela pode criar influencia negativamente na ida de Valdívia ao Atlético. Entretanto, o alvinegro tem trunfos na manga para convencer o Internacional a ceder o meia-atacante por empréstimo. O maior desafio do Galo, para ter o "PokoPika", está em convencer o staff do jogador que no time de Roger Machado ele será mais aproveitado que no Beira-Rio, onde é reserva da equipe de Antônio Carlos Zago.

Por falar no treinador do Inter, Zago afirmou nesta sexta-feira (19), à Rádio Grenal de Porto Alegre, que a situação de Valdívia deverá ser resolvida pela diretoria colorada ainda.  "A diretoria está trabalhando em cima disso. Então, a gente deve ter uma notícia nova disso nas próximas horas ou até no início da próxima semana", afirmou o técnico.

 

Excelente treino hj ⚪️⚫️. Doido por entrar em campo e ajudar a minha equipe 😁💪🏾 . #AquiéGalo ⚽️🐔👈🏾

Uma publicação compartilhada por Frickson Erazo 🇪🇨🇧🇷 (@frickson3razo) em