O Cruzeiro segue pagando pelo péssimo momento de algumas de suas principais peças. Com pouca inspiração e uma evidente fragilidade física, o time de Mano Menezes perdeu para a Chapecoense por 2 a 0 na noite deste sábado (9), na Arena Condá, em Chapecó, pela 11ª rodada da Série A, resultado que fará com que a Raposa se afaste das primeiras posições neste domingo (10), quando a maioria dos seus concorrentes entra em campo.

A partida teve um atraso de 1h20, pois uma das torres de iluminação da Arena Condá teve problemas e uma peça precisou ser trocada.

O primeiro gol do jogo, marcado pelo atacante Bruno Silva, foi irregular, pois o jogador chuta a bola, mas ela só entra no gol de Fábio por bater em seu cotovelo e desviar a trajetória do chute, que aparentemente iria para fora.

Apesar deste erro da arbitragem, o que mais interessa, que é a atuação do time de Mano Menezes, foi de baixo nível técnico. Com Thiago Neves e Robinho, responsáveis pela armação das jogadas, totalmente apagados, o Cruzeiro foi um time que pouco incomodou a Chapecoense.

O time da casa também apresentou um futebol de baixo nível, mas acabou abrindo o placar aos 34 minutos do segundo tempo, quando o 0 a 0 parecia definitivo. Apodi ganhou de Egídio na corrida e cruzou para a área. O garoto Bruno Silva, de 18 anos, finalizou, a bola desviou em seu cotovelo, e entrou no gol de Fábio.
Os jogadores cruzeirenses reclamaram muito com a arbitragem, mas  Grazianni Maciel Rocha confirmou o gol da Chapecoense.

Nos acréscimos, aos 49 minutos, até Dedé errou e deu um verdadeiro passe para o volante Elicarlos, que dominou a bola e, de fora da área, acertou o canto direito de Fábio.

O último jogo do Cruzeiro antes da parada para a Copa do Mundo da Rússia será na próxima quarta-feira (13), às 19h30, no Durival Britto, contra o Paraná, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A FICHA DO JOGO

CHAPECOENSE 2

Jandrei, Apodi (Eduardo), Rafael Thyere, Douglas e Bruno Pacheco; Elicarlos, Márcio Araújo e Canteros; Arthur Caike (Bruno Silva), Leandro Pereira e Wellington Paulista (Luiz Antônio).
Técnico: Gílson Kleina

CRUZEIRO 0
Fábio; Edílson, Dedé, Léo e Egídio; Henrique e Bruno Silva (Marcelo); Robinho, Thiago Neves (Lucas Romero) e Rafael Sóbis; Sassá (Raniel).
Técnico: Mano Menezes

DATA: 9 de junho de 2018
MOTIVO: 11ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
LOCAL: Arena Condá (Chapecó-SC)
GOLS: Bruno Silva, aos 34, e Elicarlos, aos 49 minutos do segundo tempo
ARBITRAGEM: Grazianni Maciel Rocha, auxiliado por João Luiz Coelho de Albuquerque e Thiago Henrique Neto Correa Farinha, todos do Rio de Janeiro
CARTÕES AMARELOS: Arthur Caike (Chapecoense); Rafael Sóbis, Edílson, Robinho (Cruzeiro)
PÚBLICO: 6.637
RENDA: R$ 136.420,00