O torcedor cruzeirense estará ligado especialmente numa partida desta quarta-feira (13), pois no confronto entre Chapecoense e Flamengo, às 19h15, na Arena Condá, em Chapecó, pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana, o técnico colombiano Reinaldo Rueda manda a campo o time que pretende escalar diante do Cruzeiro, no próximo dia 27, no Mineirão, no jogo de volta pela decisão da Copa do Brasil.
Na ida, em 7 de setembro, no Maracanã, os dois clubes empataram por 1 a 1. Por isso, quem ganhar no Gigante da Pampulha fica com a taça. Nova igualdade, por qualquer placar, pois não há o gol qualificado na final, leva a decisão para os pênaltis.
Na partida desta quarta-feira, em Chapecó, o único jogador que começará como titular, mas que não estará em campo dia 27, no Mineirão, é o goleiro Diego Alves, que chegou ao clube, contratado do Valencia, da Espanha, após o prazo de inscrição de jogadores para a disputa da Copa do Brasil.
O gol é o maior problema do Flamengo, que na competição conta com Alex Muralha e Thiago, que disputou a ida no Maracanã, mas falhou no gol de empate cruzeirense, marcado por Arrascaeta após ele dar o rebote num chute de Hudson de fora da área.

DESFALQUE
No principal confronto entre brasileiros desta quarta-feira, o Grêmio encara o Botafogo, no Engenhão, no Rio de Janeiro, no jogo de ida das quartas de final da Copa Libertadores, correndo o risco de não contar com seus dois principais jogadores, por contusão.
O zagueiro Geromel não atua desde o primeiro confronto contra o Cruzeiro, pelas semifinais da Copa do Brasil, quando sofreu uma lesão muscular.
O atacante Luan se machucou na última quinta-feira (7), quando sentiu a coxa direita, e sua ausência é dada como certa.
Mas o técnico Renato Gaúcho garante que os dois jogadores não estão ainda vetados e que a definição só acontece nesta quarta-feira.
Líder do Brasileirão, mas em má fase, o Corinthians busca a reabilitação diante do Racing, da Argentina, às 21h45, no Itaquerão, em São Paulo.