A oitava rodada do Campeonato Brasileiro começa com o atleticano vivendo o drama de ver seu time, que acreditava ter potencial para brigar pelo título, ocupando a zona de rebaixamento, e com o Cruzeiro, por causa dos critérios de desempate, fora do G-6, grupo que garante vaga na Copa Libertadores do ano que vem.

Vencer é fundamental para os dois, mas a gangorra a que eles estão expostos é considerável. E o Atlético, que ocupa a 17º lugar, pode terminar a oitava rodada na lanterna do Brasileirão. Ganhando os três pontos diante do São Paulo, neste domingo (18), às 16h, no Morumbi, pode ultrapassar até quatro concorrentes e chegar à 13ª colocação.

O Cruzeiro, que é oitavo, tem como posição máxima a ser alcançada o quarto lugar. Por outro lado, uma derrota diante do Grêmio, nesta segunda-feira (19), às 20h, no Mineirão, pode fazer o time de Mano Menezes despencar na tabela e até beirar a zona de rebaixamento, dependendo dos resultados.

ATLÉTICO
Com apenas uma vitória na competição, o Atlético só deixa a zona de rebaixamento se vencer o São Paulo. Tudo isso por causa do confronto entre Atlético-GO e Atlético-PR, que abre a oitava rodada, às 16h deste sábado (17), no Estádio Olímpico, em Goiânia.

Este jogo já começa a definir o risco de o Galo virar lanterna, pois isso só ocorre se o Furacão perder. Até com um empate, os paranaenses dificilmente ultrapassam o time de Roger Machado, por causa do saldo de gols.

Ainda neste sábado, mas às 19h, o Avaí é outro time que está atrás do Atlético na classificação a entrar em campo. E a situação é muito parecida com a do lanterna Atlético-PR, pois com um empate são remotas as chances de os catarinenses superarem o Galo.

O terceiro time com campanha pior que a do Atlético no Brasileirão só entra em campo neste domingo. É o Vitória, que encara o Sport, às 19h, na Ilha do Retiro. O rubro-negro baiano ultrapassa o Galo caso empate e o time de Roger Machado perca no Morumbi.

Por outro lado, vencendo no Morumbi, a incômoda zona de rebaixamento deve virar passado para o Atlético, que pode ultrapassar Atlético-GO, Palmeiras e Sport, caso eles não vençam, e Botafogo, se ele perder.

CRUZEIRO
Como encerra a oitava rodada diante do Grêmio, na segunda-feira, o Cruzeiro entrará em campo sabendo o resultado que precisa para subir na classificação do Brasileirão. Mas por causa do clássico Fla-Flu neste domingo, às 16, no Maracanã, dificilmente a Raposa volta ao G-6 sem marcar os três pontos.

São Paulo (7º colocado), Bahia (6º), Santos (5º) e Chapecoense (4º) são os times que podem ser ultrapassados pela Raposa nesta rodada, sendo que os dois tricolores só podem ser superados com uma vitória do time de Mano Menezes.

Apesar de ter como objetivo principal voltar ao G-6, o Cruzeiro pode entrar em campo na segunda-feira até na 14ª posição, pois com o desenrolar da oitava rodada pode ser ultrapassado por Ponte Preta, Fluminense ou Flamengo, Vasco, Botafogo, Sport e Palmeiras.

Definitivamente, a oitava rodada tem que ser acompanhada muito de perto por atleticanos e cruzeirenses, mesmo com os dois times buscando objetivos tão distintos neste momento do Brasileirão.


OS JOGOS DA 8ª RODADA

SÁBADO (17/6)
Atlético-GO x Atlético-PR – Olímpico (16H)
Vasco x Avaí – São Januário (19h)
Santos x Ponte Preta – Pacaembu (21h)

DOMINGO (18/6)
Coritiba x Corinthians – Couto Pereira (11H)
Fluminense x Flamengo – Maracanã (16h)
São Paulo x Atlético – Morumbi (16h)
Bahia x Palmeiras – Fonte Nova (16h)
Chapecoense x Botafogo – Arena Condá (16h)
Sport x Vitória – Ilha do Retiro (19h)

SEGUNDA-FEIRA (19/6)
Cruzeiro x Grêmio – Mineirão (20h)


A CLASSIFICAÇÃO DA SÉRIE A APÓS 7 RODADAS

Reprodução/Internet

Clas