Sofrida e na base da vontade. Assim foi a primeira vitória do Atlético fora de casa na atual edição do Campeonato Brasileiro, na tarde deste domingo, pela oitava rodada. Com gols de Cazares e Rafael Moura, o Galo bateu o São Paulo no Morumbi e dá “uma respirada” na tabela de classificação da competição. O gol São-Paulino foi marcado por Marcinho. 

O resultado garante o Atlético fora da zona de rebaixamento e dá um alento ao técnico Roger Machado para dar sequência no trabalho com maior tranquilidade. A equipe mineira chega aos nove pontos e, provisoriamente, fica na 15ª colocação (pode ser ultrapassado pelo Sport ainda na oitava rodada). 

A próxima partida do Alvinegro no Brasileirão está marcada para esta quarta-feira, às 21h45, no estádio Independência contra o Sport. 

O Jogo

Após o tropeço surpreendente diante do Atlético-PR em casa na última rodada, o Galo entrou em campo para buscar uma reabilitação e dar uma resposta aos torcedores e críticos, já que o último revés deixou ainda mais evidente o desequilíbrio do elenco alvinegro.

E o início de partida do Atlético deixou o torcedor animado. O equatoriano Cazares, que voltava ao time após defender a Seleção do Equador em amistosos contra Venezuela e El Salvador, fez o primeiro gol do Galo aos oito minutos do primeiro tempo.

Robinho encontrou Cazares em uma bela enfiada de bola, e o camisa 10 atleticano, em um belo chute de fora da área, surpreendeu o goleiro Renan Ribeiro: 1 a 0 Galo.

Roger Machado, que muito ficou em pé em sua área técnica durante o primeiro tempo, cobrou insistentemente de sua equipe maior controle de bola e melhor posicionamento. Apesar de menor índice de posse de bola, o Atlético chutou mais a gol na etapa inicial: cinco vezes contra quatro do time São-Paulino.

Melhor e mais efetivo nos primeiros 45 minutos, o Galo viu seu domínio do primeiro tempo de nada valer logo após o início da segunda etapa. Marcinho, logo no recomeço da partida, empatou o jogo: 1 a 1, em um lance rápido envolvendo o lateral Júnio Tavares, que carregou a bola e encontrou o companheiro bem colocado na área para marcar.

O São Paulo teve praticamente o domínio do jogo no segundo tempo, tirou a paciência de Roger Machado, principalmente em um lance que o Galo pediu pênalti, aos sete minutos, quando Júnior Tavares se enroscou com Rafael Moura na área. O juiz nada marcou.

E foi o próprio He-Man o personagem da vitória alvinegra. Chamado de “torcedor em campo”, o atacante usou garra e vontade, suas melhores características, para desempatar o jogo aos 35 minutos. Resultado que deu ao Atlético a primeira vitória fora de casa no Brasileirão, também tira o Galo da zona de rebaixamento. 

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 1 X 2 ATLÉTICO

Motivo: Oitava rodada Campeonato Brasileiro

Local: Estádio Morumbi, em São Paulo

Arbitragem: Bráulio da Silva Machado, auxiliado por Kléber Lúcio Gil e Neuza Inês Back (SC)

Gols: Cazares, aos 8 minutos do primeiro tempo; Marcinho, a 1, e Rafael Moura, aos 35 minuto do segundo tempo

Cartões amarelos: Cueva e Júnior Tavares; Rafael Carioca e Yago

Público: 22.704 Presentes

Renda: R$ 576.735,00

SÃO PAULO: Renan Ribeiro; Militão (Bruno), Maicon, Lucão e Marcinho; Jucilei, Cícero (Gilberto), Júnior Tavares e Wellington Nem (Thiago Mendes); Cueva e Pratto. Técnico: Rogério Ceni

ATLÉTICO: Victor; Alex Silva, Felipe Santana, Leonardo Silva e Fábio Santos; Yago, Rafael Carioca (Ralph), Elias, Cazares (Rodrigão) e Robinho (Luan); Rafael Moura. Técnico: Roger Machado