O retorno do América à Série A do Campeonato Brasileiro foi no mais alto estilo. Na manhã deste domingo (15), a equipe comandada por Enderson Moreira atropelou o Sport, venceu por 3 a 0, conquistou os primeiros três pontos na competição mais importante do país e mostrou seu cartão de visitas.

Arrasador, o Coelho abriu o placar antes mesmo de o ponteiro do relógio completar a primeira volta. Aos 44 segundos, após cruzamento e troca de passes de cabeça, o meia Serginho se antecipou ao goleiro Agenor e abriu o placar no Independência.

Tendo o controle da partida, os donos da casa não se acomodaram. Aos 36, com Carlinhos, e aos 40, novamente com Serginho, ampliaram o marcador e foram para o intervalo sob aplausos do bom público que compareceu ao estádio do Horto.

No segundo tempo, mantendo o ritmo e neutralizando o adversário, o América não passou sustos. Apesar de não balançar as redes novamente, não foi vazado e conseguiu abrir três gols de saldo logo na estreia.

Feliz com o desempenho do time, o torcedor fez a festa nas arquibancadas. "Ôh, o Coelhão voltou", foi o canto utilizado para celebrar o elástico placar neste fim de semana.

"Minha primeira partida na Série A. Realizei mais um sonho. Tenho que agradecer a todos pela confiança. Temos que trabalhar firme porque na semana que vem temos mais um grande jogo. Vamos lutar e batalhar muito até o final do Campeonato Brasileiro", disse o goleiro Jory, que substitui o lesionado João Ricardo.

américa

O volante Leandro Donizete, contratado na última semana junto ao Santos, esteve presente no Independência para prestigiar os novos companheiros de clube. Por não estar registrado no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF, ainda não tem condições de atuar.

Próxima rodada

No próximo sábado (21), o América volta a campo para um grande desafio; novamente contra um rubronegro. Às 19h, o time enfrentará o Flamengo, no Maracanã.
A expectativa é que o goleiro João Ricardo, dono da camisa 1, possa ser relacionado por Moreira para encarar o time da Gávea. 

Ficha Técnica:
América 3 x 0 Sport

Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e Ciro Chaban Junqueira (DF)
Cartões amarelos: Luan (América-MG) Claudio Winck, Marlone, Léo Ortiz (Sport)
Cartão vermelho: não teve
GOLS: América-MG: Serginho a um minuto e aos 40, e Carlinhos aos 34 do primeiro tempo
PÚBLICO E RENDA: 8.662 / R$ 36.293,00

AMÉRICA: Jory; Norberto, Messias, Rafael Lima e Carlinhos; Juninho, Christian (Zé Ricardo) e Serginho (Wesley); Aylon, Luan (Gerson Magrão) e Rafael Moura
Técnico: Enderson Moreira:

SPORT: Agenor, Cláudio Winck (Sander), Ernando, Léo Ortiz, Raul Prata; Anselmo, Ferreira (Gabriel) e Fellipe Bastos (Everton Felipe); Andrigo, Marlone e Hygor
Técnico: Nelsinho Baptista