O técnico Guto Ferreira celebrou bastante o triunfo do Internacional sobre o Paysandu, no Beira-Rio. O 3 a 2 da noite da última sexta-feira não encobriu alguns erros da equipe, mas a levou à liderança da tabela da Série B do Campeonato Brasileiro, posição que aumenta a responsabilidade colorada até o fim da competição, de acordo com o treinador.

"Mais do que nunca, a tendência é que a vontade dos adversários de derrubar o Inter, que já existia, se torne maior ainda. A responsabilidade é maior para o Inter, menor para os adversários. E com responsabilidade maior, o Inter sempre conviveu, nos mais variados campeonatos", declarou.

Diante do Paysandu, o Inter apresentou algumas falhas, principalmente na defesa, mas viu Leandro Damião resolver no ataque com dois gols, sendo um deles um golaço. Guto sabe que seu time cometeu erros que não deveria ter apresentado, mas preferiu destacar os pontos positivos da partida.

"Acho que em grande parte da partida, conseguimos impor nosso ritmo e empurrá-los para o campo de defesa. Criamos muitas situações. Você está sujeito a cometer erros, tivemos um ou dois, é normal. Mas o mais importante é que não atrapalharam o resultado. Foi uma questão mínima", considerou.

Com o triunfo na sexta e a derrota do América-MG na rodada, o Inter assumiu a ponta da Série B pela primeira vez, com 42 pontos, um a mais que o rival mineiro. No sábado que vem, a equipe colorada volta a campo para encarar o Juventude, às 16h30, no Alfredo Jaconi.