A acirrada disputa entre Lewis Hamilton e Sebastian Vettel na temporada 2017 da Fórmula 1 foi retomada nesta quinta-feira, com a realização do primeiro treino livre do GP de Mônaco. E o inglês da Mercedes foi quem se deu melhor na sessão inicial no circuito de rua de Montecarlo, liderando a atividade que abriu o fim de semana da sexta etapa do campeonato.

Com cinco provas já realizadas, Hamilton e Vettel somam duas vitórias cada - o outro triunfo foi do finlandês Valtteri Bottas. E eles estão separados na classificação do Mundial de Pilotos por apenas seis pontos, sendo que o alemão está à frente, com 104.

Agora em Mônaco, a disputa entre Hamilton e Vettel deverá ganhar mais um capítulo de emoção e rivalidade. E sob forte calor, o inglês da Mercedes liderou o primeiro treino livre, com a marca de 1min13s425, sendo quase 0s2 mais rápido do que o rival, que marcou 1min13s621 com a sua Ferrari.

O holandês Max Verstappen, da Red Bull, veio logo atrás dos principais concorrentes ao título, em terceiro lugar, com 1min13s771, superando o outro piloto da Mercedes, Bottas, que foi apenas 0s2 mais lento, com 1min13s791, para fechar a atividade na quarta colocação.

O australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, foi o quinto colocado, com 1min13s854, sendo o último piloto a registrar uma volta em menos 1min14 no primeiro treino livre do GP de Mônaco. O russo Daniil Kvyat, da Toro Rosso, ficou na sexta posição, logo à frente do finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari.

A relação dos dez primeiros colocados da atividade inicial do GP de Mônaco foi completada, em ordem, pelo mexicano Sergio Pérez, da Force India, pelo espanhol Carlos Sainz Jr., da Toro Rosso, e pelo francês Esteban Ocon, da Force India.

Logo depois, veio o brasileiro Felipe Massa, da Williams, na 11ª colocação, com o tempo de 1min14s617, cinco posições à frente do canadense Lance Stroll, o seu companheiro de equipe. Já o inglês Jenson Button, que está de volta à Fórmula 1 para substituir Fernando Alonso no GP de Mônaco - o espanhol vai participar neste fim de semana das 500 Milhas de Indianápolis -, fechou o primeiro treino em Montecarlo em 14º lugar pela McLaren, duas posições atrás do belga Stoffel Vandoorne, o outro piloto da equipe.

O alemão Nico Hulkenberg, da Renault, e o sueco Marcus Ericsson, da Sauber, tiveram problemas com os seus carros e nem conseguiram registrar voltas rápidas na sessão de abertura do fim de semana da sexta etapa da temporada 2017 da Fórmula 1.

O segundo treino livre para o GP de Mônaco será disputado a partir das 9 horas (de Brasília) desta quinta-feira. O horário é o mesmo da sessão de classificação no sábado e da largada para a corrida no domingo.