Vilão das equipes cariocas e com apenas uma derrota em dez partidas na Copa do Brasil Sub-20, o Galinho foi coroado com o caneco da competição ao derrotar o Flamengo por 3 a 1, nos penais, nesta sexta-feira (16). 

Consistente e marcado pela virada heróica contra o Vasco, em São Januário, nas semifinais, o time comandado por  Ricardo Resende contou - além da competência da equipe - com o brilho do goleiro Cleiton, que defendeu três cobranças contra o rubro-negro, vice-campeão invicto.

No primeiro duelo, em BH, empate por 1 a 1, no Independência; jogo acompanhado por mais de 10 mil pessoas in loco. Nesta terça, em território carioca, nada de gols durante os 90 minutos, na Ilha do Urubu (Estádio Luso-Brasileiro).

Se no sistema defensivo o destaque foi o camisa 1, no ataque atleticano quem brilhou foi Marco Túlio. Com cinco gols, ele foi o artilheiro da equipe na competição nacional.

Osso duro de roer, a equipe Sub-20 do Galo conquistou 4 vitórias, em cinco jogos, atuando como visitante. Apenas na decisão o time não conseguiu triunfar no tempo normal. A única derrota foi contra o Vasco, em jogo disputado na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas.

A conquista da Copa do Brasil da categoria foi a primeira do Atlético.

Relembre a campanha do Galinho na Copa do Brasil Sub-20

PRIMEIRA FASE

Atlético-GO 2 x 3 Atlético
Atlético 1 x 0 Atlético-GO

SEGUNDA FASE

Ponte Preta 0 x 1 Atlético
Atlético 3 x 0 Ponte Preta

QUARTAS DE FINAL

Atlético 4 x 0 Chapecoense
Chapecoense 0 x 2 Atlético

SEMIFINAL

Atlético 1 x 2 Vasco 
Vasco 2 x 3 Atlético

FINAL

Atlético 1 x 1 Flamengo
Flamengo 0 x 0 Atlético

Vitória nos pênaltis por 3 x 1 

galinho