Patrick Brey, 20 anos, pouca experiência e rodagem no futebol, mas um sonho gigante e audacioso: ser o melhor lateral-esquerdo do mundo. Com esse pensamento, um dos destaques do Tupi na edição deste ano do Campeonato Mineiro foi apresentado na tarde desta terça-feira na Toca II.

“Se eu tenho objetivo de se tornar o melhor lateral-esquerdo do mundo eu tenho que estar entre os melhores”, disse cheio de personalidade.

E se o sonho de Brey é grande, ele se inspira em um lateral-esquerdo brasileiro que atua no Real Madrid-ESP, um dos maiores clubes do planeta. 

“Acho que hoje é o Marcelo, ele é realmente um lateral que me deixa admirado vê-lo jogar, ele sabe marcar e atacar. Mas ele atacando é fora do normal para mim, pretendo ser um lateral deste nível”, disse.  

Sobre o seu desejo de ser o melhor do mundo em sua posição, Patrick Brey foi categórico: “Eu acho que a gente tem que sonhar, eu acredito que tenho plenas condições”, cravou.

Agora no Cruzeiro, o seu maior desafio na carreira após bom Campeonato Mineiro pelo Cruzeiro, o jogador diz que precisa demonstrar muito futebol, muita qualidade, para honrar a confiança da diretoria.

“É um clube muito grande, o maior da minha carreira por enquanto, com certeza tem muitos títulos, campeão várias vezes, tem Tríplice Coroa, acho que é um time de admirar, eu chegando aqui hoje, se eu estou no melhor, eu tenho que ser o melhor”, disse.

Brey assinou contrato por três anos, mas o Cruzeiro tem a opção de renovar o vínculo por mais dois, totalizando cinco temporadas. O passaporte estrangeiro do lateral também chamou a atenção da diretoria cruzeirense, que viu bastante potencial no jogador.

“É um jogador que mostrou ótimas características, despertou a atenção da diretoria e da comissão técnica. Estamos contratnado o Patrick Brey por um contrato de três anos fixos, com opção dem ais dois. }Desejar a ele sorte, jogador jovem, de apenas 20 anos, e esperamos que ele cresça juntamente com nossa equipe neste ano. Desejsar boa sorte a ele, e que ele possa jogar tão bem no Cruzeiro como jogou o Campeonato Mineiro pelo Tupi”