O Troféu José Finkel, que está sendo realizado na cidade de Santos, no litoral de São Paulo, teve nesta quarta-feira, em seu segundo dia de disputas, a primeira quebra de recorde. Ela veio com Joanna Maranhão, nadadora da Unisanta-SP, dona da casa, na final da prova dos 200 metros medley. A brasileira sobrou com o tempo de 2min11s79 e conquistou o ouro desbancando a marca que era da australiana Taylor Marre Mckeown, obtida em 2015. Virginia Martin (2min16s46) e Gabrielle Roncatto (2min16s58) completaram o pódio.

Quem também se destacou nesta quarta-feira foi Vinícius Lanza. O nadador do Minas Tênis Clube-MG havia faturado o ouro no dia anterior e repetiu a dose na prova dos 200 metros medley. Fez a marca de 2min00s34 e terminou à frente de Brandon Almeida (2min01s10), do Corinthians-SP, e Leonardo Santos (2min01s56), do Pinheiros-SP.

Finalista de Mundial pela primeira vez na carreira - nos 100 metros costas em Budapeste, na Hungria, no mês passado -, Guilherme Guido confirmou o favoritismo e venceu a prova no Troféu José Finkel. Com 53s94, bateu Nathan Bighetti, do Minas Tênis Clube, e Leonardo de Deus, da Unisanta.

Medalhista de bronze na maratona aquática nos Jogos Olímpicos do Rio-2016, Poliana Okimoto foi destaque nos 1.500 metros feminino. Com o tempo de 16min40s76, venceu com quase sete segundos de vantagem.