Os cruzeirenses ficaram na bronca com a arbitragem depois da derrota deste domingo (13), contra o São Paulo, no Morumbi, por 3 a 2. Além do pênalti polêmico que resultou no gol da vitória do tricolor, os jogadores da Raposa também reclamaram de uma bola na mão na área do São Paulo.

“Jogamos muito melhor que o São Paulo, mas mais uma vez a gente sai na dúvida da arbitragem, com um pênalti duvidoso. A arbitragem tem que ser um pouco mais profissional. Fizemos um grande jogo e é triste perder desse jeito”, declarou o meia Robinho após a partida. No Morumbi, o Cruzeiro finalizou 17 vezes, mais que o dobro tricolor (oito finalizações).

Já o técnico Mano Menezes se mostrou descontente, mas preferiu não se aprofundar nos comentários sobre a atuação do juiz Rafael Traci (PR). “Não vou reclamar. Só acho que ele errou”, afirmou o técnico celeste na coletiva de imprensa pós-jogo.

Na próxima rodada, o Cruzeiro pega o Sport, no domingo (20), no Mineirão, em briga direta por uma vaga na Libertadores. O time pernambucano está em sexto lugar, com um ponto a mais, mas pode ampliar a vantagem para os mineiros se vencer a Ponte Preta, na tarde deste domingo, na Ilha do Retiro.