O zagueiro Léo deve atingir durante a estreia do Cruzeiro na Copa Libertadores da América, contra o Racing, no dia 27 de fevereiro, a marca de 284 jogos com a camisa do Cruzeiro. Tal feito, caso o defensor participe dos próximos compromissos da Raposa até lá, o colocará no posto de quarto beque com o maior número de partidas na história celeste.

Com 281 aparições contadas até o momento, Léo, caso entre em campo nos três próximos jogos da equipe azul, ultrapassará o ex-zagueiro Morais, que entre 1969 e 1979 atuou 283 vezes com o uniforme estrelado.

Até o primeiro grande jogo do Cruzeiro nesta temporada, justamente contra o Racing, no estádio Presidente Perón, em Avellaneda, na Argentina, outros dois duelos pelo Campeonato Mineiro estão agendados: Villa Nova (17/2) e Boa Esporte (24/2). E caso previsão ocorra no primeiro jogo do time azul na competição continental, Léo quebrará a marca de Morais, intacta há quase 30 anos.  

Estou perto de completar oito anos de Cruzeiro. Desde quando cheguei, expressei minha vontade de jogar nesse clube, a minha gratidão e a honra de vestir essa camisa. É uma coisa excepcional”, ressaltou Léo.

Com contrato até 2020, a expectativa é que Léo se aproxime nos próximos anos de Vavá e Darci Menezes, os dois zagueiros com maior número de partidas pelo Cruzeiro: 428 e 427, respectivamente.

Ainda nesta temporada o defensor deve se tornar o terceiro zagueiro com mais partidas pelo Cruzeiro.

Outra marca

Apesar de ter a função de impedir gols adversários, Léo também detém uma importante marca ofensiva. Ele é o terceiro zagueiro com o maior número de gols marcados pelo Cruzeiro. Desde 2010, quando chegou ao clube, foram 18 gols marcados.

Léo está atrás apenas de Cris (25 gols), que atuou 250 vezes pelo clube; e Geraldão, que em 170 jogos marcou 30 gols.

“Estou próximo de completar 300 jogos, sou o terceiro zagueiro que mais fez gols pelo clube, conquistei dois títulos brasileiros e fui campeão da Copa do Brasil. Em 2018, estamos almejando títulos também. Fico feliz e honrado por isso. Com muita luta e dedicação, nós vamos buscando e conseguindo os nossos objetivos”, disse.

Zagueiros com mais jogos pelo Cruzeiro

Vavá (1956 a 1967) – 428 jogos
Darci Menezes (1967 a 1971; 1972 a 1978) – 427 jogos
Zezinho Figueroa (1977 a 1981, 1982 a 1983) – 305 jogos
Morais (1969 a 1971, 1972 a 1973, 1973 a 1979) – 283 jogos 
Léo (2010 até o momento) – 280 jogos 

Zagueiros artilheiros do Cruzeiro

Zagueiros artilheiros do Cruzeiro
Geraldão (1980 a 1981 e 1984 a 1987) – 30 gols 
Cris (1999 a 2004) – 25 gols
Léo (2010 até hoje) – 18 gols
Bruno Rodrigo (2013 a 2016) – 17 gols
Darci Menezes (1967 a 1978) – 17 gols
Luisão – (2000 a 2003) - 15 gols
Adílson Baptista (1989 a 1993) – 15 gols
Edu Dracena (2003 a 2006) – 13 gols
Marcelo Batatais (2002 a 2005) – 12 gols