“Vencer, vencer, vencer, este é o nosso ideal”. Cantado pela torcida do Atlético em todas as partidas, este trecho do hino do alvinegro tornou-se também mantra para o Coimbra, líder da Segunda Divisão do Campeonato Mineiro, com 100% de aproveitamento, e, coincidentemente, adversário desta quarta-feira (16) do “Galo B”.

Administrado pelo banco BMG e registrado como equipe belo-horizontina, o Esquilo tem centro de treinamento localizado na Região Metropolitana (divisa de Betim com Contagem) e manda os jogos no Castor Cifuentes, em Nova Lima. O Alçapão, inclusive, será o palco do duelo desta quarta, às 20h.

“Temos 30 atletas no elenco, sendo quatro deles do nosso Sub-17”, comenta Eder Bastos, que acumula as funções de coordenador de futebol e técnico. “Contamos com vários jogadores vindos do interior de São Paulo”, acrescenta.

Nome conhecido no mercado da Bola, Bastos assumiu as funções no clube em junho. Como auxiliar, ele fez boa parte da carreira ao lado de Ney Franco, em equipes como Botafogo, Flamengo, São Paulo Vitória, Cruzeiro e Coritiba. No currículo, consta também a passagem pela Seleção Brasileira sub-20.

“Fizemos uma pré-temporada de 45 dias. Acredito que ela seja o grande trunfo para estarmos tão bem no Estadual”, finaliza o dirigente/treinador.

De acordo com o preparador físico do Coimbra, Dener Azevedo, a chave do sucesso do time na Segundona é a escolha das peças de comando e boa logística. Em relação ao preparo dos atletas, ele conta que foi dividida em duas etapas.

“Primeiro, fiz o período pré-competitivo; agora, com a bola rolando, trabalho a manutenção, com bastante sabedoria”, explica.

Diferença na tabela

Enquanto o Coimbra ocupa a liderança com nove pontos, o Galo é o sexto, com apenas três, e ainda não sabe o que é vencer na competição. O Ipatinga, que encara hoje o União Luziense, é o vice-líder.

tabela