O novato Lance Stroll comemorou o desempenho pessoal - e o de sua Williams - em um sábado de muita chuva que definiu o grid de largada para o GP da Itália de Fórmula 1, que será disputado neste domingo, no circuito de Monza. Beneficiado pela punição imposta aos pilotos da Red Bull - a perda de posições do australiano Daniel Ricciardo e do holandês Max Verstappen por causa de trocas na unidade de potência -, o canadense, de 18 anos, se destacou na pista molhada e largará na segunda posição.

"Eu simplesmente me diverti. Fiquei livre. Parece que nós definitivamente temos um carro mais competitivo na chuva do que no seco. O carro esteve ótimo. A frenagem foi excelente, a tração foi ótima e o equilibro através da (curva) Ascari e os dois Lesmos foi realmente perfeito durante toda a sessão (de treinos). Eu simplesmente joguei o carro e me diverti. Um ou dois momentos aqui e ali (de dificuldades), mas, no geral, foi uma ótima sessão", analisou o canadense.

Lance Stroll - primeiro canadense a ocupar a primeira fila em uma corrida desde Jacques Villeneuve, também com uma Williams e em Monza, em 1998 - está otimista para a prova e espera por mais chuva no horário da prova, apesar de considerar a hipótese improvável devido à previsão do tempo. O piloto revelou que a despreocupação com os adversários será utilizada como estratégia pessoal para a corrida.

"Nós vamos fazer a nossa própria corrida. Não podemos estar focados em Mercedes e Ferrari. Apenas temos que executar a nossa corrida, ter um começo limpo e continuar o trabalho. Não quero prever nada. Vou fazer o meu começo da maneira que sempre faço, esteja eu em 10.º, 12.º, 15.º ou segundo. Eu simplesmente me concentro no meu trabalho, dou a minha largada e sigo em frente", finalizou Lance Stroll.

O brasileiro Felipe Massa também festejou o rendimento do carro na pista molhada e demonstrou alegria pelo resultado obtido pelo companheiro na Williams. Largando em sétimo - beneficiado pela punição determinada aos carros da Red Bull, que marcaram o segundo e terceiro tempos, mas largarão na última fila -, o piloto valorizou o desempenho das Williams na chuva e torce por uma boa prova.

"Definitivamente, foi uma ótima qualificação para o time. Por muitos anos, nosso carro teve dificuldades em condições molhadas e hoje (sábado) o carro foi ótimo. O que para mim era muito importante no (treino) qualificatório. Fiquei feliz por estar no Q3, mas não tão feliz com a minha posição, pois certamente teria ficado mais feliz na posição do Lance (Stroll). Ele fez um trabalho fantástico, uma volta incrível. Foi ótimo ver o que ele conseguiu alcançar em termos de tempo de volta. Então, estamos em uma boa posição para a corrida amanhã e tentaremos tudo o que pudermos para termos uma boa corrida com os dois carros", projetou Felipe Massa.

O brasileiro ocupa atualmente a 11.ª posição no Mundial de Pilotos, com 27 pontos. O companheiro de time, Lance Stroll, aparece em 13.º na tabela de classificação, com 18.