O técnico Mano Menezes recebeu péssimas notícias nesta segunda-feira e viu dois de seus principais jogadores de meio-campo entrarem na lista de lesionados. O volante Henrique e o polivalente Robinho sofreram lesões musculares no empate em 1 a 1 com o Tombense, no último domingo, no Mineirão, pelo Campeonato Mineiro, e serão desfalques em jogos de extrema importância nas próximas semanas.

Segundo o departamento médico do Cruzeiro, Robinho sofreu lesão grau três no músculo posterior da coxa direita. Já Henrique teve uma lesão de menor gravidade em relação ao companheiro (grau dois) no adutor da coxa esquerda. A previsão de recuperação da dupla é de seis a oito semanas, e quatro a seis semanas, respectivamente. Por isso ambos estarão fora de compromissos de destaque nos próximos dias.

A dupla desfalcará o Cruzeiro no clássico com o Atlético, marcado para o dia 1º de abril (sábado), na 10ª rodada do Campeonato Mineiro. E, ainda, nas partidas contra o São Paulo pela quarta fase da Copa do Brasil (entre os dias 12 e 19 de abril), e na estreia da Raposa na Copa Sul-Americana, no dia 4 de abril, contra o Nacional-PAR, em Assunção, no Paraguai.

“O Robinho sentiu uma fisgada muito forte, em um lance de rebote. De imediato, pediu a substituição. Avaliamos naquele momento e o reavaliamos nesta segunda. Foi feito um exame de ressonância magnética que mostrou uma lesão de grau três na musculatura posterior. Uma lesão importante que requer um tratamento um pouco mais prolongado. Temos a previsão de cerca de seis a oito semanas para que ele retorne às atividades”, informou o médico celeste Sérgio Freire Júnior. 

Em relação a Henrique, Sérgio Freire Júnior destaca: “Ao término do jogo, informou que sentiu uma dor em um movimento que ele fez, na região dos adutores da coxa esquerda. Também foi reavaliado e manteve-se um quadro de dor. Foi feita a ressonância magnética e constatou-se uma lesão menor que a do Robinho. Uma lesão grau dois, que também o tira de atividade pelo tempo de cicatrização, que leva em média de quatro a seis semanas”, completou. 

Opções de Mano

Para a vaga de Henrique, Mano Menezes pode optar por quatro jogadores: o argentino Lucas Romero, Hudson, o ex-Real Madrid-ESP Lucas Silva. O jovem Lucas Ventura, também chamado de “Nonoca”, corre por fora. Em sua primeira temporada no grupo principal, o jogador ainda não fez sua estreia em jogos oficiais. 

Hudson é o mais cotado, já que tem sido aproveitado com mais regularidade nos últimos jogos. Inclusive, o jogador, ex-São Paulo, pode ser “arma especial” de Mano Menezes contra o ex-clube na Copa do Brasil. 

Para o lugar de Robinho a disputa promete ser mais acirrada. Rafinha, Thiago Neves, Marcos Vinícius, Elber e Alex são os possíveis substitutos. 

Como têm jogado com mais regularidade, Alisson e Thiago Neves podem ser acionados juntos. Rafinha é outro que tem grande possibilidade de preencher a vaga na meiúca celeste.