O francês Lucas Pouille confirmou o favoritismo neste domingo (8) e avançou à segunda rodada do Masters 1000 de Xangai, na China. Com tranquilidade, o 15.º cabeça de chave e 23.º do ranking da ATP venceu o russo Daniil Medvedev, 64.º do mundo, por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/2.

Na segunda rodada da competição chinesa, o francês terá pela frente o italiano Fabio Fognini, 26.º do ranking. De virada, também neste domingo, ele superou o espanhol Fernando Verdasco por 2 sets a 1 - com parciais de 2/6, 6/4 e 6/2. Os dois já se enfrentaram duas vezes - e cada tenista venceu uma.

Outro triunfo de virada veio com o norte-americano Jared Donaldson, 56.º do mundo. Diante do uruguaio Pablo Cuevas, ele ganhou por 2 sets a 1 - com parciais de 6/7 (7/9), 6/4 e 6/4 - e agora faz um difícil desafio contra o espanhol Rafael Nadal, que entrou avançado na chave.

Número 1 do mundo, Rafael Nadal mostrou que vive grande momento neste domingo ao conquistar o Torneio de Pequim, um ATP 500 na China, derrotando o australiano Nick Kyrgios na decisão com extrema tranquilidade, com parciais de 6/2 e 6/1. Foi o sexto título do espanhol no ano.

Ainda neste domingo, o francês Gilles Simon despachou o convidado local Wu Yibing por 6/3 e 6/4. Seu próximo adversário será o belga David Goffin, oitavo favorito do torneio chinês.

A competição, aliás, não tem nenhum tenista brasileiro na chave de simples. Thiago Monteiro até disputou o qualifying, mas acabou eliminado ainda na primeira rodada pelo francês Jeremy Chardy, de virada, com parciais de 6/7 (11/13), 6/3 e 6/4.