Para um time que sofria pela escassez de gols antes da Copa do Mundo, o Cruzeiro mostrou certa evolução ofensiva no empate em 2 a 2 com o Corinthians, em São Paulo, no segundo amistoso entre os clubes nesse período sem jogos oficiais por causa do Mundial da Rússia.

O técnico Mano Menezes comentou após o jogo com o Corinthians sobre o desempenho ofensivo do Cruzeiro, que teve gols marcados pelo volante Henrique e o atacante Rafael Sóbis na noite desta quarta-feira.

“Acho que o ataque funcionou bem hoje (contra o Corinthians), criamos muitas oportunidades, fizemos dois gols, poderíamos ter feito mais com David de cabeça e Ariel (Cabral) na última bola. Mas o mais importante de tudo é o comprometimento de todos para resolver os problemas que temos”, elogiou Mano Menezes, que mais uma vez, assim como nos outros dois compromissos (contra o próprio Corinthians e o Coimbra) usou Rafael Sóbis como “falso nove”

Para tentar resolver o problema do ataque, que sofreu baixas importantes no decorrer do ano com as lesões de Sassá e Fred, a diretoria do Cruzeiro anunciou a contratação do atacante Barcos, argentino de 34 anos que estava na LDU, do Equador.

Mano analisou a contratação do reforço, mas fez questão de ressaltar que o mais importante é o trabalho desenvolvido e o comprometimento dos atletas.

“Agora o Raniel já está de volta, temos uma novidade agora, um novo centroavante que vem para ajudar a equipe na última etapa, naquela de colocar a bola para dentro, mas acredito muito em trabalho. A medida que o trabalho começa a ser bem executado por todos, inclusive pelos jogadores todos, as coisas funcionam. De um jeito ou de outro. Como já vivenciamos no Cruzeiro em outros momentos”, comentou.

O próximo compromisso do Cruzeiro está marcado para segunda-feira (16), um dia depois da final da Copa do Mundo. A Raposa enfrentará no Mineirão o Atlético-PR, no jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil.

Na partida de ida os cruzeirenses venceram por 2 a 1, de virada, e agora têm a vantagem de jogar pelo empate para passar de fase.