A história do atacante argentino Ramon Ábila com o Cruzeiro parece mesmo estar com os dias contados. Próximo de acerto com o Boca Juniors, da Argentina, Wanchope pode se despedir da torcida celeste no próximo domingo (16), no duelo contra o Flamengo.

Fora de ação desde a derrota por 3 a 1, no clássico contra o Atlético, o atacante, mesmo sendo relacionado pelo técnico Mano Menezes nas rodadas seguintes, acabou não sendo aproveitado durante os 90 minutos pelo comandante gaúcho.

Nesta sexta-feira (14), Mano foi questionado sobre o assunto e rechaçou ter deixado de lado o grandalhão. Segundo ele, não utilizá-lo nos últimos jogos tem ligação direta com o momento de tratativas entre brasileiros e argentinos.

Leia mais:
Especialista analisa nomes de argentinos envolvidos em possível troca entre Cruzeiro e Boca Jrs

“Vejo como uma questão interna, pelo respeito que se tem que ter por tudo. A não utilização dele tem relação com o fato que está se decidindo (negocição entre Cruzeiro e Boca). Não é porque ele deixou de ser opção, muito pelo contrário", afirmou Menezes.

"Se as coisas permanecerem como estão (a negociação não for concretizada), ele será útil. É um jogador que faz um gol a cada dois jogos em média. A gente não desperdiçar um jogador como esse, e ele sabe disso”, acrescentou.

De acordo com a imprensa argentina, as tratativas estão próximas de desfecho. A diretoria celeste, inclusive, corrobora com esta informação. O desfecho, segundo o clube, deve se dar até o início da próxima semana.

No clube mineiro desde o meio do ano passado, Ramón Ábila realizou 61 jogos com a camisa celeste e balançou as redes 26 vezes.