O Cruzeiro estreou na Copa do Brasil de 2018 com o pé direito, venceu o Atlético-PR por 2 a 1 na Arena da Baixada, de virada, e agora tem a vantagem de se classificar à próxima fase com um empate no Mineirão, no dia 16 de julho, depois da Copa do Mundo. E o técnico Mano Menezes valorizou a vitória de sua equipe, que na opinião do treinador “soube jogar quando estava perdendo”.

"A equipe fez um jogo muito bom, difícil vencer (na Arena da Baixada). O time iniciou o jogo jogando bem, teve até muitos momentos de mais posse de bola, controle de jogo, o que é algo raro aqui, ainda mais com essa filosofia que o (Fernando) Diniz (técnico do Atlético-PR) implantou. A equipe teve postura, qualidade, perdeu dois gols que não pode perder no primeiro tempo e que fazem falta em jogos assim, mas teve a competência de não se apavorar no 1 a 0 (para o Atlético-PR). É o que eu digo sobre essas competições de mata-mata, você tem que saber jogar quando está perdendo, e aí, com méritos, conseguimos um empate. O jogo estava se desenhando para um empate, mas a gente com uma bola longa, o Raniel com calma, a tranquilidade do matador, definiu uma vitória importantíssima. É apenas o primeiro passo, mas me deixa muito contente com o resultado obtido", analisou.

Após vencer o Sport por 2 a 0 no último fim de semana pelo Campeonato Brasileiro, e agora o Furacão por 2 a 1, o Cruzeiro fecha os jogos da semana contra o grande rival Atlético, no próximo domingo, no Independência. Há possibilidade de Mano Menezes poupar alguns jogadores por conta do desgaste físico. Dedé já está fora, pois cumprirá suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

Apesar disso, o próprio comandante da Raposa afirma que não vai abrir mão da partida como muitos pensam, e que escalará um time forte, com os jogadores que estiverem bem fisicamente.

"Não vamos abrir mão de nada, não tem nem sentido falar que vamos abrir mão de alguma coisa. As opções serão as mais fortes fisicamente, todo mundo viu o que corremos aqui e o jogo é no sábado. Vamos observar o que vai acontecer, vamos avaliar até o sábado pela manhã. É um jogo grande, que todo mundo quer jogar, mas não adianta querer e não conseguir fazer um jogo forte. Temos que ter uma equipe capaz de disputar aquilo que achamos ser a característica deste jogo", disse.

Leia também:
Aniversariante do dia, Henrique comemora golaço em virada do Cruzeiro na Copa do Brasil
Cruzeiro 'faz o vira' em cima do Atlético-PR e sai em vantagem nas oitavas da Copa do Brasil
Cruzeirenses 'dão jeitinho' e contrariam medida de torcida única na Arena da Baixada
Com venda exclusiva para sócios, Cruzeiro assume parte do valor de ingressos do clássico