Sobrou para o amigo Fábio Santos explicar a postagem do volante Elias no dia da reapresentação do Atlético, na quinta-feira passada. O camisa 8 usou o Instagram para divulgar uma "selfie" com a legenda que arrancou teorias: "menos é mais".

Fábio tentou sair pela tangente, não queria se comprometer com o texto do amigo, mas deu sua própria versão do que entendeu do "menos é mais". Para o jogador, o Atlético perdeu nomes de peso como Robinho, Fred e Marcos Rocha, mas crê num grupo fortalecido para conseguir melhores resultados em 2018.

"De repente a gente não tem tantos nomes como em 2017, mas com força e qualidade para chegar mais longe do que chegamos. De repente pode ter sido isso que o Elias quis dizer na questão do "menos é mais". Não temos tantos nomes, mas a vontade de ganhar continua muito grande", afirmou o camisa 6.

Um dos líderes do elenco e dono de atuações das mais seguras no ano passado, principalmente no segundo semestre, Fábio Santos lamentou a despedida dos atacantes renomados e do lateral-direito, mas que confia em quem chegou para substituí-los. Além disso, crê que o Galo irá caminhar na temporada sem tanto foco da imprensa e pressão da torcida, tudo por conta de uma "expectativa menor".

"A expectativa (em 2017) era muito grande, principalmente no começo da temporada passada. Por um certo tempo essa expectativa se manteve, depois deixou de acontecer. E hoje eu vejo uma equipe mais tranquila para se trabalhar, sem tanta expectativa", completou.

Frases interessantes de quem quase conseguiu sair pela tangente quando perguntado sobre a legenda do parceiro: "Elias é maluco, sei lá. Ele que posta os negócios dele, ele que venha dar explicação. Não vou dar explicação para ele não. Ele fica postando essas coisas, cria margem gigantesca para vocês pensarem, mas às vezes é coisa boba. Mas logo mais ele vai dar coletiva e explicará para vocês", havia dito Fábio, na primeira vez que foi perguntado da legenda.