A definição das semifinais da Primeira Liga 2017 trouxe à memória dos torcedores a extinta Copa Sul-Minas, precursora do novo torneio inter-regional.

Sem os “intrusos” cariocas, presentes na penúltima fase em 2016, as vagas na decisão serão novamente disputadas entre times de Minas Gerais e Paraná, Estados dominantes na antiga versão da competição.

O Atlético recebe o Paraná Clube às 19h deste sábado (2), na Arena Independência. E o Cruzeiro visita o Londrina, às 11h de domingo (3), no Estádio do Café. A classificação será decidida em jogos únicos e, em caso de empate, nas cobranças de pênaltis.

História

Nas três edições da Copa Sul-Minas (2000 a 2002), os times mineiros comemoraram muito mais do que lamentaram nos encontros com as equipes paranaenses.

Juntos, os representantes do Estado (América, Atlético, Cruzeiro e Mamoré) acumularam 19 vitórias sobre os rivais do Sul (Atlético-PR, Coritiba, Grêmio Maringá, Malutrom e Paraná), além de 11 derrotas e oito empates (relembre os placares abaixo).

Os mineiros também foram mais vezes às semifinais, em seis ocasiões (três com o Cruzeiro, duas com o Atlético e uma com o América). Já o futebol paranaense colocou quatro representantes na penúltima fase (duas vezes com o Atlético-PR e uma, cada, com Paraná e Coritiba).

Nos confrontos de “mata-mata”, os clubes de Minas tiveram ainda mais sucesso, com quatro triunfos e nenhum tropeço. Nas semifinais da edição inaugural, América e Cruzeiro passaram por Atlético-PR e Coritiba, respectivamente. E, nas decisões dos anos seguintes, a Raposa ergueu o troféu com vitórias sobre Coxa e Furacão.

Sem moleza

Apesar de estarem disputando a Série B, Paraná e Londrina prometem fazer frente aos gigantes mineiros neste fim de semana.

Algoz do Flamengo, o Tricolor vem de três vitórias e um empate nas últimas cinco rodadas da Segundona. E, vale lembrar, deu trabalho ao Galo nas oitavas de final da Copa do Brasil, em maio deste ano (placar agregado de 4 a 3).

Já o Londrina, carrasco do Fluminense, é a única equipe com 100% de aproveitamento nesta Primeira Liga. Os treinadores dos dois clubes paranaenses confirmaram força máxima nas semifinais.

Reencontros

Nos últimos duelos entre os clubes, os mineiros levaram a melhor. O Atlético venceu o Paraná por 2 a 0 (gols de Otero e Fred), no Independência, pelas oitavas de final na atual edição da Copa do Brasil.

Já o Cruzeiro eliminou o Londrina, fora de casa, na segunda fase do torneio nacional em 2016, com triunfo pelo mesmo placar (gols de Bruno Rodrigo e Henrique).