Mano Menezes, técnico do Cruzeiro, também ficou feliz com a postura da equipe, conseguindo o empate diante do América após uma partida desgastante contra o São Paulo, pela Copa do Brasil, na quinta-feira.

"Esperávamos o jogo como foi. Era impossível, com a a intensidade que jogamos na quinta, vir aqui, diante de um time que ficou a semana inteira te esperando, treinando e descansando, e tentar igualar o jogo na parte física, nos 90 minutos", analisou.

Ele destacou que todos os jogadores estavam cansados e o que orientou para o clássico foi "ir levando o jogo com experiência", ressaltando que o time não se desorganizou para buscar o gol de empate.

"Se abríssemos, tomaríamos o segundo. Aí ter que fazer 3 a 0 em sua casa não é fácil. Não é fácil ganhar de 3 a 0 de ninguém. Por tudo isso, não poderia exigir mais uma vírgula do que fizeram hoje", observou.

Leia também:
Técnico do América mostra satisfação com produção da equipe
Maratona de jogos pesou no clássico, segundo Sóbis
América e Cruzeiro empatam no primeiro duelo da semifinal do Mineiro