O primeiro grande teste do América na sua volta à Série A do Campeonato Brasileiro foi animador. Apesar da derrota de 2 a 0 para o Flamengo na noite deste sábado (21), no Maracanã, em partida que marcou a despedida do goleiro Julio Cesar do futebol, o Coelho fez uma boa atuação e acabou penalizado com um gol de Henrique Dourado, que abriu o placar, quando era melhor em campo.

E o problema maior do time de Enderson Moreira foi sofer o segundo gol logo depois, num intervalo de apenas sete minutos, com Henrique Dourado voltando a marcar convertendo um pênalti que ele sofreu do goleiro Jori, que teve mais uma boa atuação na meta americana.

Após suportar bem a pressão flamenguista nos primeiros minutos, o América passou a se soltar e criou chances de abrir o placar, a melhor delas com Aylon, que exigiu boa defesa de Julio Cesar.

O camisa 18 alviverde foi o atacante mais ativo do time, acertando inclusive uma bola no travessão de Julio Cesar aos 43 minutos da etapa inicial, num chute de longa distância.

Na segunda etapa, Enderson Moreira colocou Marquinhos no lugar de Luan, que teve atuação apagada e seu time conseguiu bons momentos, impondo dificuldades ao Flamengo.

O América volta a jogar pelo Campeonato Brasileiro no dia 30 de abril, uma segunda-feira, quando recebe o Vitória, às 20h, no Independência, na partida que fecha a terceira rodada da competição.

A FICHA DO JOGO

FLAMENGO 2

Julio Cesar; Rodinei, Réver, Léo Duarte e Renê; William Arão e Cuéllar; Geuvânio (Marlos), Lucas Paquetá (Jean Lucas) e Vinícius Júnior (Jonas); Henrique Dourado. Técnico: Maurício Barbieri.

AMÉRICA 0

Jori; Norberto, Messias, Rafael Lima e Carlinhos; Juninho e Christian (Leandro Donizete); Aylon (Capixaba), Serginho e Luan (Marquinhos); Rafael Moura. Técnico: Enderson Moreira.

DATA: 21 de abril de 2018

MOTIVO: 2ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro

LOCAL: Maracanã (Rio de Janeiro)

GOLS: Henrique Dourado, aos 28 e 35 minutos do primeiro tempo

ARBITRAGEM: Leandro Bizzio Marinho, auxiliado por Rogério Pablos Zanardo e Bruno Salgado Rizo, todos de São Paulo

CARTÕES AMARELOS: Geuvânio (Flamengo); Rafael Lima (América)

PÚBLICO: 47.175 pagantes

RENDA: 1.641.395,00