Uma tarde quente e um jogo morno para frio no Independência. Assim foi o duelo entre América x Chapecoense, nesta quarta-feira (13), válido pela 12º rodada do Campeonato Brasileiro. O empate sem gols traduziu bem o que foram os pouco mais de 90 minutos de bola rolando.

Num primeiro tempo em que o América tentou tomar as ações da partida para si, o que se viu foram poucas oportunidades reais de gol criadas pelos comandados por Enderson Moreira. Quando pôde finalizar, o time não teve competência para abrir o marcador.

Já a Chape, comandada por Gilson Kleina, dava respostas quando achava brechas no setor defensivo do dono da casa. Wellington Paulista, sempre perigoso, teve a chance de colocar o time Condá na frente, aos 33, mas não teve calma na finalização.

Na volta do intervalo, a tônica do confronto foi a mesma. Angustiada na arquibancada, a torcida do Coelho bem que pressionou, mas o resultado não veio.

Sacando Judivan e Ademir para dar vez a Rafael Moura e Marquinhos, Moreira bem que tentou dar oxigênio ao ataque. Contudo, o efeito esperado não surtiu. A equipe de Chapecó, por sua vez, teve grande chance desperdiçada por Leandro Pereira. Cara a cara com Jori, o atacante viu o goleiro americano fazer grande intervenção.

Com o placar em branco, o Coelho chegou aos 14 pontos e vai para a pausa para a Copa do Mundo com missão cumprida. Distante da zona de rebaixamento, o time mineiro ganha ânimo para as 26 rodadas que terá pela frente.

O próximo desafio do América será o clássico contra o Cruzeiro, marcado para 19 de julho, às 19h30, no Mineirão.

 

Ficha Técnica:
AMÉRICA 0 X 0 CHAPECOENSE

Motivo: 12ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Arena Independência
Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior (PR)
Cartões amarelos: Gerson Magrão, Messias, Leandro Donizete, Rafael Moura e Marquinhos (América)
Público: 4.894
Renda: R$ 35.434,00

AMÉRICA - Jori; Norberto, Matheus Ferraz, Messias e Gérson Magrão; Juninho, Leandro Donizete e Serginho; Aylon (Ruy), Ademir (Marquinhos) e Judivan (Rafael Moura). Técnico: Enderson Moreira

CHAPECOENSE - Jandrei; Eduardo, Douglas, Thyere, Bruno Pacheco e Luis Antonio (Amaral); Elicarlos, Márcio Araújo e Canteros (Bruno Silva); Leandro Pereira (Vinicius) e Wellington Paulista . Técnico: Gilson Kleina