Aproveitar o “fator casa” e vencer as duas próximas partidas na Série B do Brasileirão é discurso pronto e ensaiado no América. Vindo de triunfo no Sul do país – 3 a 1 sobre o Criciúma, em Santa Catarina –, o Coelho terá pela frente Paysandu e Ceará; ambos no Independência.

Com cinco pontos, o alviverde inicia o desafio de alcançar os 100% de aproveitamento (nos dois jogos) contra o Papão da Curuzu. O jogo entre mineiros e paraenses, válido pela quarta rodada, será às 19h15 da próxima sexta-feira (2).

Na terça-feira (6), o desafio do técnico Enderson Moreira e seus comandados será derrotar o Vozão, campeão cearense, comandado pelo velho conhecido Givanildo Oliveira, o “Rei do Acesso”.

“São dois campeões estaduais que irão brigar pelo título, assim como nós. Então, a nossa meta são os seis pontos”, comenta o zagueiro Rafael Lima. “Sabemos que não será fácil, mas temos que somar os pontos em nossa casa e já mostramos nossa capacidade”, acrescenta o capitão.

Falando em zaga, a diretoria americana renovou o contrato de uma das peças de confiança de Moreira: o zagueiro Renato Justi, contratado no início do ano, teve vínculo prolongado até o fim do Brasileirão.

Opção no meio

Contudo, a grande novidade da semana foi o retorno do meio-campista Gerson Magrão. Recuperado de lesão, ele treinou normalmente com o grupo e pode ser relacionado para encarar o Papão.

Apesar de ter ficado de fora da equipe titular, no treino de ontem, Magrão pode ser a surpresa de Enderson para superar os paraenses.

No coletivo desta terça, os 11 escolhidos pelo treinador foram João Ricardo; Norberto, Rafael Lima, Messias e Ernandes; Gustavo Blanco, Zé Ricardo e Ruy; Felipe Amorim, Bill e Luan.

Reforço

Contratado na última semana, o lateral-esquerdo Giovanni foi apresentado oficialmente à imprensa. Emprestado pelo Fluminense, o jogador, de 27 anos, tem contrato com o América até dezembro.