O Jorge Wilsterman, da Bolívia, será o adversário do Atlético nas oitavas de final da Libertadores. A definição aconteceu em sorteio realizado ontem na sede da Conmebol, em Luque (Paraguai).

As duas equipes já se enfrentaram em uma competição internacional. Foi nas quartas de final da Copa Conmebol de 1998, quando o time mineiro se classificou com duas vitórias.

jorge wilstermmann

No Mineirão, Edgar (2) e Valdir garantiram a vantagem por 3 a 1. E, na Bolívia, o “Bigode” marcou novamente para confirmar a vaga alvinegra, com mais um triunfo, desta vez pelo placar mínimo.

Na atual edição da Copa Libertadores, o Jorge Wilstermann se classificou na segunda colocação do Grupo 5, liderado pelo Palmeiras, deixando para trás Atlético Tucumán-ARG e Peñarol-URU. A campanha ficou marcada pelo aproveitamento alto em casa (três vitórias), e pela fragilidade fora (três derrotas).

Já no Campeonato Boliviano, o Aviador é apenas o décimo colocado entre 12 participantes. Em 18 rodadas disputadas, a equipe acumula cinco vitórias, três empates e dez derrotas (33% de aproveitamento), com 19 gols marcados e 28 sofridos.

Para a primeira partida do mata-mata, o adversário do Galo poderá utilizar a sua principal aliada: a altitude de 2.500 metros na cidade de Cochabamba.

O Atlético, por outro lado, tem garantida a vantagem de realizar a partida de volta em casa (no Independência ou no Mineirão) por ter tido o melhor rendimento dentre os classificados em primeiro lugar na fase de grupos.

O duelo de ida será realizado entre 4 e 6 de julho, e o confronto da volta está previsto para 8, 9 ou 10 de agosto, após um intervalo superior a 30 dias.

 

 

 

Leia mais:
Sem brasileiros pelo caminho, Atlético terá adversário boliviano nas oitavas da Libertadores
Vexame: com um a mais, Atlético perde para o Atlético-PR com gol nos acréscimos do jogo