Pilotos de Minas, Goiás, Espírito Santo, Distrito Federal, Rio, São Paulo, Bahia e Pernambuco. Uma presença feminina (dentro da pista) cada vez mais forte. Jovens de potencial misturados nos grids com motociclistas experientes.

A primeira etapa do GP Gerais, o Mineiro de Motovelocidade, teve tudo isso e muito mais. A expectativa de um fim de semana com pegas de alto nível no Circuito dos Cristais, em Curvelo, se confirmou, num evento que foi mais do que aperitivo para a prova do dia 6 de maio, que marcará a largada do Campeonato Brasileiro – a competição volta a ser disputada este ano tendo a pista mineira como palco da primeira e da última provas.

Caras novas

Não foram poucas as caras novas nos grids das categorias Superbike (1.000cc), Supersport (600cc). Light 600/1.000cc (para pilotos estreantes e de menor experiência); 300cc e Naked (motos sem carenagem). Um dos destaques foi o goiano Kioman Navarro que, depois de uma promissora carreira no motocross, resolveu acelerar no asfalto e dominou a prova da Supersport, batendo o atual bicampeão da categoria Antônio “Toninho” Franzen (Ricardo Juliani ficou com a terceira posição).

Vencedor novo também na Superbike, nos dois últimos anos dominada pelo capixaba Fernando Guerra, que desta vez ficou de fora. O degrau mais alto do pódio foi conquistado por Ian Testa, com uma Ducati Panigale, numa disputa que também envolveu Alex Borges e o capixaba Rodrigo Dazzi. Ambos chegaram a cair, mas mostraram muita garra para voltar à prova e buscar a recuperação.

Na subdivisão Evo, para motos com preparação limitada, festa de Pedro Lins, à frente dos xarás Túlio Rezende e Túlio Leandro de Souza. Já na Master (acima dos 45 anos), os rivais bem que tentaram, mas não conseguiram destronar o valadarense Jirous Abboud, o “Bananeiro”, que levou a melhor sobre o irmão, Michel, e sobre Carlos Munhoz.

Disputada desde o ano passado, a 300cc rapidamente se transformou numa das sensações do GP Gerais, atraindo a meninada que quer chegar longe sobre duas rodas e garantir a renovação no esporte. Desta vez o domínio foi de Bruno Borges que, por menos de um segundo, levou a melhor sobre Raphael Reis e Indiana Gomez, que deu trabalho aos marmanjos, assim como Raquel Vaz e Anna Luísa Salles.

Entre os pilotos da Naked, Arthur Gontijo levou sua BMW S1000R à primeira posição. Nada menos que 17 máquinas alinharam para a corrida da Light, com vitórias de Ronan Dias (classificação geral e subdivisão 1.000cc) e Leandro Souza (600cc). Sem corrida, mas com o olho no cronômetro, a Touring também teve 17 motos em ação – Lucas Cavalcanti registrou a melhor volta.

 

RÁPIDAS

SÉRGIO SETTE CÂMARA FAZ ÚLTIMO TESTE

ANTES DA TEMPORADA DA FÓRMULA 2

Até amanhã, a ordem para o mineiro Sérgio Sette Câmara é limar o asfalto do circuito de Sakhir, no Barein, nos últimos testes coletivos de preparação para a temporada da Fórmula 2. O traçado barenita será o palco da primeira rodada dupla do campeonato, nos dias 6 e 7 de abril (como preliminar da segunda etapa da F-1). Serginho vem sendo um dos destaques desta fase de preparação, aparecendo entre os primeiros em todas as sessões de treinos com o novo Dallara-Mecachrome da equipe inglesa Carlin. O principal objetivo do trabalho é seguir evoluindo no trabalho de acerto do carro e na adaptação aos compostos de pneus fornecidos pela Pirelli, tanto em condições de qualificação quanto de corrida.

SEGUNDA DO  MINEIRO DE KART TEVE GRIDS

REPLETOS E BONS PEGAS EM VESPASIANO

Mais de 60 pilotos ganharam a pista do RBC Racing, em Vespasiano, para a segunda rodada dupla válida pelo Mineiro de Kart. O sábado de emoção e velocidade teve, entre os destaques, Luca Neuenschwander, que venceu as duas corridas na Cadete, mesmo caso de Oliver Gonçalves na Mirim. Disputada por karts equipados com motores quatro tempos de 400cc, a F-4 teve como vencedores Luiz Henrique Pinheiro e Roberto Cló, o Macarrão. Cacau Nunes puxou a fila na Superkart (para modelos de aluguel), que teve 22 inscritos. Nas baterias reunindo os motores 125cc, Ayrton Gil levou a melhor na Júnior Menor; Lucas Staico na Júnior; Gabriel Paturle foi o mais rápido na Graduados, Ferrnando Buzollo na Sênior A e Lucas Nogueira na Sênior B.