O aluno seguir o professor é a ordem natural das coisas, mas na sociedade moderna, acontecer o contrário não é nenhuma surpresa. Nessa nova perspectiva, teremos um grande exemplo dessa premissa no futebol. Hoje, às 21h45, o mentor Mano Menezes, no Cruzeiro, tentará superar o seu pupilo Fábio Carille, que faz trabalho de destaque à frente do Corinthians, atual líder do Campeonato Brasileiro. Os dois clubes se enfrentarão pela sétima rodada na Arena Corinthians, em Itaquera. 

Apesar de ter trabalhado também com Tite, treinador “da moda” e atual comandante da Seleção Brasileira, Carille nutre admiração mesmo é por Mano Menezes. 

O atual técnico cruzeirense foi o responsável pela chegada do antigo pupilo ao Parque São Jorge em 2009, quando o Corinthians tinha em seu elenco o atacante Ronaldo Fenômeno e o lateral Roberto Carlos, pentacampeões do mundo com o Brasil, e que o próprio Fábio Carille se impressionou por trabalhar com a dupla, antes vista por ele apenas na TV. 

Tentando se reencontrar na profissão, Mano Menezes busca um novo título na carreira. Sua última conquista à frente de um clube aconteceu em 2009. Justamente quando levou Carille para trabalhar ao seu lado na equipe corintiana. 

A taça do Campeonato Brasileiro é um desejo de Mano, mas a missão do treinador passa, antes de qualquer coisa, por uma vitória diante do Corinthians. 

A tarefa não será fácil. Além de enfrentar a equipe de um treinador que o conhece bem, o comandante da Raposa terá que desbancar o atual líder da competição e que tem a melhor campanha em pontos dos últimos dez anos levando em conta o desempenho até a sexta rodada da Série A.

Na atual edição do Brasileirão, o Corinthians, que tem o segundo melhor ataque (13 gols) e a segunda melhor defesa (cinco gols) e igualou a marca de 2010, quando somou 16 pontos em seis jogos, atingindo 88,9% de aproveitamento. 

Como trunfo, o Cruzeiro tem a seu favor o fato de ser a equipe que menos levou gols nesse início de campeonato. Só quatro (mesmo número do Coritiba) até o momento, sendo que dois desses aconteceram fora do Mineirão, nas derrotas para o Bahia (1 a 0) e no empate com o Sport ( 1 a 1). 

O retrospecto recente de Mano versus Fábio Carille é mais positivo para o corintiano. No único embate direto entre os dois, o treinador da equipe paulista venceu. Foi no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil do ano passado: 2 a 1 em São Paulo. Depois, o Corinthians contratou Oswaldo de Oliveira.

CORINTHIANS X CRUZEIRO

Motivo: 7ª rodada do Campeonato Brasileiro

Horário: 21h45

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)

Assistentes: José Eduardo Calza e Maurício Coelho Silva Penna, ambos do RS

CORINTHIANS - Cássio; Paulo Roberto, Pablo, Balbuena e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Marquinhos Gabriel, Jadson e Romero; Jô. Técnico: Fábio Carille 

CRUZEIRO - Fábio; Ezequiel, Léo, Murilo e Diogo Barbosa; Lucas Romero, Henrique e Ariel Cabral; Rafinha (Alisson); Thiago Neves e Ramón Ábila. Técnico: Mano Menezes